“Largaram a mão” e “Falta de caráter”: Casagrande e Renata Fan repercutem a queda de Mano Menezes

Publicado :

Nos últimos dias uma notícia deixou a todos em polvorosa: Depois de 5 derrotas consecutivas, o Inter decidiu romper seu contrato com o técnico Mano Menezes, e chamar o argentino Eduardo Caudet para assumir a posição, como forma de tentar resolver a situação momentânea do clube. No entanto, a decisão, apesar de parecer esperta, traz à tona uma série de questões latentes, tendo sido esse o tema da conversa entre Walter Casagrande, no Cartão Vermelho, do UOL.

Foi um absurdo

A verdade é que Caudet já foi técnico do Inter, em 2020. E, apesar de ter desenvolvido um bom trabalho junto à equipe, largou de mão para aceitar uma proposta melhor no clube espanhol Celta de Vigo. Em conversa virtual com José Trajano e Juca Kfouri, Casagrande afirmou:

“O Mano não largou o Internacional na mão, mas o Coudet largou o Internacional na mão e foi para o Celta de Vigo, na Espanha, ele largou e deixou na mão. O Mano está lá e é demitido para recontratar um treinador que deixou o time na mão, então você não dá para reclamar do Luís Castro ir embora para ganhar milhões na Arábia Saudita. Não dá mais para reclamar quando um treinador é chamado para um time onde ele vai ganhar mais e tem mais possibilidade de ganhar alguma coisa, largar e ir embora. Os dirigentes não podem mais reclamar, diretor, presidente, não podem reclamar mais quando um treinador dele larga e vai para outro time, porque o que fizeram com o Mano foi absurdo.”

P*ta Falta de Sacanagem

O que está evidenciado na fala de Casagrande, tendo sido admitido por seus companheiros, é a disparidade com que as ações foram tomadas. Já no “Show do Esporte”, da Band, a apresentadora Renata Fan, reconhecidamente torcedora do Inter, também teve muito a falar. Segundo ela, a troca é estritamente política, uma vez que o período de eleições internas do clube está se aproximando, e que essa seria a oportunidade da presidência do clube para não perder votos, uma vez que a troca de técnico seria uma demanda vinda da parte dos torcedores. Para ela, o fato do Inter ser um time que não ganha um título há décadas, tornou possível que uma forte oposição fosse criada. Além do mais, segundo Renata, o problema de Coudet seria a “falta de caráter”, mesmo que aparente ser um bom profissional.

Mais informações no Twitter sobre a demissão da semana:

Siga @esporteemidiabr no Instagram e Twitter e tenha acesso às nossas novidades através das redes sociais.

Aposta nas melhores casas de apostas do dia 14 de Julho 2024

Deixe um comentário

Você está aqui: Início > Profissionais > “Largaram a mão” e “Falta de caráter”: Casagrande e Renata Fan repercutem a queda de Mano Menezes