Casagrande detona jogadores em caso de agressão a Luan! Entenda tudo

Publicado :

O ex-jogador Walter Casagrande cobrou solidariedade dos jogadores de futebol a Luan, jogador corintiano que foi agredido na madrugada do dia 4 para o dia 5, em motel na Barra Funda, em São Paulo.

No programa Cartão Vermelho, do UOL, Casão soltou o verbo contra os jogadores brasileiros, que em sua esmagadora maioria se mantiveram em silêncio depois que veio à tona que o meia-atacante Luan, jogador que pertence ao Corinthians, foi covardemente agredido por supostos “torcedores” na madrugada de ontem (4) para hoje (5).

Falta solidariedade, diz Casa

Dividindo a “mesa virtual” com seus companheiros, os experientes jornalistas José Trajano e Juca Kfouri, Casagrande não quis saber de diplomacia. Para o ex-centroavante,  os jogadores deveriam parar os campeonatos em curso, em solidariedade a Luan e em forma de protesto contra os crescentes casos de violência que têm cercado os times brasileiros nesta temporada 2023: “Soltaram bomba no ônibus do Bahia e o Danilo Fernandes quase perdeu uma vista, soltaram bomba no Grêmio, fizeram uma emboscada contra o ônibus do São Paulo voltando de Santos. Quando aconteceu isso, eu escrevi um texto e falei que os jogadores tinham que parar o campeonato, os jogadores têm que tomar uma providência“.

Casa foi contundente ao afirmar também, com a concordância de Trajano e Kfouri,  que não apareceu um jogador (até aquele momento) solidário ao triste episódio ocorrido com Luan: “Hoje, por exemplo, Luan foi agredido de madrugada, é condenável, absurdo, sou contra todo tipo de violência, e não tem uma fala de nenhum jogador solidário ao Luan, nem do Corinthians, de ninguém. Vou repetir: os jogadores de futebol não se manifestam para nada, nem para serem solidários com um companheiro que foi agredido de madrugada, para nada.”

Jornalista do UOL afirma: torcida está fazendo mal ao clube

Outro jornalista do UOL que repercutiu com pesar o  lamentável incidente contra o jogador Luan foi o Arnaldo Ribeiro. Para o ex-ESPN e ex-Sportv, que disse que cresceu ouvindo que a torcida corintiana era a alma e a alegria do Timão, hoje se lamenta ao perceber que a “torcida do Corinthians está fazendo mal ao clube”

Arnaldo, triste, comentou: “Das coisas que eu mais admirava quando eu era adolescente, era a relação da torcida do Corinthians com o clube, com o time. Era uma coisa misturada que fazia uma certa diferença em relação aos outros clubes do país, era a torcida que tinha um time, uma mistura interessante, e acho que essa coisa se perdeu“.

Arnaldo foi direto ao afirmar que uma grande parte da torcida do Corinthians é coautora do ato de violência a Luan, mas apenas os delinquentes que efetivamente invadiram o motel em que o jogador estava e cometeram as agressões: “E aí não é só a principal torcida organizada. Às vezes é a principal organizada, às vezes são outras, às vezes é milícia digital. A torcida do Corinthians está fazendo mal ao clube, eu jamais pensei que fosse falar essa frase, mas está. A torcida do Corinthians tem a digital em tudo que está acontecendo.” 

Siga o excelente núcleo de jornalismo esportivo do UOL pelo Twitter oficial:

Aposta nas melhores casas de apostas do dia 13 de Junho 2024

Deixe um comentário

Você está aqui: Início > Profissionais > Casagrande detona jogadores em caso de agressão a Luan! Entenda tudo