Bobeou, dançou: Brasil ganha e tira invencibilidade de EUA na Liga das Nações

A Seleção Brasileira de Vôlei Masculino se destacou no último jogo da Liga das Nações, ao tirar a invencibilidade da Seleção dos EUA, a qual ainda não havia perdido nem um set sequer. A vitória foi marcada por bons momentos e atletas que mostraram o seu valor no sexteto inicial.

A Liga das Nações de Vôlei está pegando fogo! O Brasil, claro, sempre dando seu nome e trazendo todas as emoções para as quadras. O último domingo 11 foi de sacudir a poeira e mostrar que não tem jogo confortável para ninguém: depois de perderem de virada para a Seleção de Cuba, os canarinhos deram o seu melhor e derrubaram nada menos do que os Estados Unidos, por três sets a um. O que mais surpreende: até aquele momento a seleção norte-americana vinha como líder do torneio, e não havia perdido nem mesmo um set: azar o deles!

Bons momentos

A partida foi um êxito completo. Para começar, dissiparam-se as incertezas a respeito da colaboração de Alan, que vinha lidando com desconfortos musculares desde a partida contra a Argentina: o atleta entrou como titular e teve um ótimo desempenho, agregando ao time. Mas quem brilhou mesmo foi Judson, primeira vez titular na seleção, tendo sido peça-chave para vencer a partida. Além deles, vale mencionar Honorato, também recente nessa brincadeira como titular, mostrando que tem talento e destreza para disputar os Jogos Olímpicos.

Como resultado de toda essa boa inspiração, as parciais foram de 25/29, 21/25, 25/15 e 25/21. Brasil bombou demais, uma vez que os Estados Unidos costumam ser uma presença ameaçadora em inúmeras modalidades esportivas, sendo o vôlei uma das principais.

Próximos compromissos

A Liga das Nações de Vôlei Masculino acontece até o dia 23 de julho, e no Brasil está sendo transmitido pelo sinal da SporTV 2. Coincidência ou não, o time de Renan Dal Zotto descansa na próxima semana, voltando a jogar no dia 20 de junho contra a Bulgária. Nada mais justo depois de um desempenho vitorioso. Ainda há partidas marcadas contra Japão, Eslovênia e França.

Esse é um dos mais importantes do Vôlei Internacional, sendo organizado pela FIVB- Federação Internacional de Voleibol. As disputas acontecem com ambas seleções de cada país, sendo o prêmio de US$ 1 milhão para cada seleção. Além do valor em dinheiro, a premiação ocorre também individualmente, sendo atribuído também um MVP- jogador mais valioso de cada seleção participante.

Quer novidades de vôlei? Siga o Portal Vôlei Brasil e fique por dentro das novidades do esporte em todas suas modalidades:

Ajude Esporte e Mídia a seguir se destacando! Colabore com sugestões de notícias e pautas.

notícias

Deixe um comentário

Você está aqui: Início > noticias > Bobeou, dançou: Brasil ganha e tira invencibilidade de EUA na Liga das Nações