Obrigados a se posicionar: Real Madrid sai do silêncio e emite nota contra o racismo sofrido por Vinícius Jr.

Atualizado :

Real Madrid foi obrigado a emitir nota de apoio a Vinicius Jr., após sofrer ataque racista em campo

Dessa vez não teve jeito, porque já tava ficando feio. O Real Madrid publicou uma nota, se pronunciando sobre o episódio de racismo pelo qual Vinicius Jr sofreu no domingo 21, na partida contra o Valencia, quase 24 horas depois de ter acontecido o fato.

Manifestando ‘sua mais forte repulsa’ e ‘condenando os acontecimentos ocorridos’, o Clube informou ter acionado a Procuradoria-Geral do Estado, como forma de investigar os fatos. Apesar de demonstrar apoio, a ação tardia foi vista por muitos como algo feito por obrigação, uma vez que o racismo no Velho Mundo é algo, tido por muitos, tão banal quanto estrutural.

Entenda o caso

O Real Madrid perdia por 1 a 0 contra o Valencia. Os insultos começaram fora do gramado, com milhares gritos de “macaco” e outras injúrias raciais vindos na direção da arquibancada. A partida precisou ser interrompida por oito minutos, e foi aí que os problemas dentro do campo se intensificaram. Vini Jr, que chegou a receber um golpe de enforcamento por um dos jogadores rivais, acabou sendo expulso da partida ao se envolver numa confusão. As imagens são impressionantes e indignam a qualquer pessoa racialmente letrada.

Esse não é o primeiro caso de racismo contra o jogador, que, há anos lida com essas questões em sua carreira, sobretudo na Europa. O Governo brasileiro informou que irá acionar as autoridades europeias para que tomem providências, e o presidente da República fez um discurso enérgico sobre a necessidade de se encarar essa praga de frente, uma vez que os maiores jogadores de futebol seguem sendo brasileiros e negros.

Autoridades, famosos e outros clubes do mundo também saíram em defesa do jogador, demonstrando apoio e solidariedade. Vale lembrar que racismo é uma ação tipificada como crime há mais de 30 anos.

Sacode a poeira e dá a volta por cima

Em suas redes sociais, Vinicius Jr. soltou o verbo, criticando as entidades que organizam o evento, por insistirem em não promover nenhuma ação efetiva contra o caso, dando a forte impressão de que são coniventes.

“Não foi a primeira vez, nem a segunda e nem a terceira. O racismo é o normal na La Liga. A competição acha normal, a Federação também e os adversários incentivam. Lamento muito. O campeonato que já foi de Ronaldinho, Ronaldo, Cristiano e Messi hoje é dos racistas”, desabafou o jogador, que já precisou lidar até mesmo com bananas atiradas ao campo, em outra ocasião.

“Uma nação linda, que me acolheu e que amo, mas que aceitou exportar a imagem para o mundo de um país racista. Lamento pelos espanhois que não concordam, mas hoje, no Brasil, a Espanha é conhecida como um país de racistas. E, infelizmente, por tudo o que acontece a cada semana, não tenho como defender. Eu concordo. Mas eu sou forte e vou até o fim contra os racistas. Mesmo que longe daqui”, encerrou Vini Jr.

Repercussão nas redes sociais

A pauta racial, que sempre esteve presente na vida dos brasileiros, não passou despercebida pelas redes sociais, causando grande comoção. Veja alguns tweets destacados sobre o tema:

Aposta nas melhores casas de apostas do dia 20 de Maio 2024

KTO Sport

Bônus

R$ 200

EsportesdaSorte Sports

Bônus

R$ 300

Parimatch Sport

Bônus

R$ 500

Starda Sport

Bônus

R$ 500

Legend Play Sports

Bônus

R$ 1.750

Roobet Sports

Bônus

R$ 80

Royalistplay Sports

Bônus

R$ 500

Leovegas Sport

Bônus

-

IZZI Sport

Bônus

R$ 100

Bet7k Sports

Bônus

R$ 7.000
Deixe um comentário

Você está aqui: Início > Últimas Notícias > Obrigados a se posicionar: Real Madrid sai do silêncio e emite nota contra o racismo sofrido por Vinícius Jr.