Galvão Bueno chora com homenagem no ‘Domingão do Huck’: ‘Vou virar uma página, não fechar um livro’

Publicado :

A duas semanas do início da Copa do Mundo, o ‘Domingão do Huck’ fez uma homenagem a Galvão Bueno. Em uma viagem na história do locutor esportivo, contada por Tino Marcos, Galvão chorou ao relembrar momentos especiais e falou sobre sua carreira.

“Vou virar uma página, não vou fechar um livro. Eu ainda tenho coisas para fazer na Globo. Dia 18 de dezembro será a minha última narração em televisão, na Final da Copa do Mundo. Eu não tenho ideia do que eu vou falar”, disse o narrador.

Galvão também chorou ao relembrar sua amizade com Ayrton Senna. “Ele era meu irmão mais novo. Ele era o nosso herói das manhãs de domingo. Ele me faz muita falta e eu ainda bato papo com ele, acredita?”.

O locutor também reviveu momentos de sua infância, ao lado de sua esposa e filhos. Galvão ainda assistiu depoimentos de sua mãe, Pelé e Zagallo.

Sobre o seu futuro, ele enfatizou: “Eu estava agora no camarim e disse para a minha esposa que ela vai ter que me aturar muito. Eu não sei o que vai ser. Eu vou sentir falta de cada momento desse, do camarim, da espera, da angústia”, afirmou.

galvão bueno

Aposta nas melhores casas de apostas do dia 24 de Junho 2024

Deixe um comentário

Você está aqui: Início > Profissionais > Galvão Bueno chora com homenagem no ‘Domingão do Huck’: ‘Vou virar uma página, não fechar um livro’