Os 50 anos de Rivaldo é destaque do ‘Esporte Espetacular’

Henrique Neves

Atualizado :

Apenas dois homens na história tiveram a honra de ser titulares em uma final de Copa do Mundo vestindo a camisa mais pesada do futebol mundial – a 10 da seleção brasileira –, e serem campeões: Pelé, o maior de todos os tempos, em 1958 e 1970 (em 1962 lesionou-se durante a campanha), e Rivaldo, em 2002. Uma lista tão seleta que mostra a importância deste pernambucano do município de Paulista, que fica a menos de 20 quilômetros da capital Recife. Na próxima quarta-feira, dia 19 de abril, festejamos os 50 anos de Rivaldo. Por conta disso, o ‘Esporte Espetacular’ deste domingo preparou uma reportagem especial para recordar às origens de um jogador à moda antiga, avesso às tatuagens, brincos e cabelos coloridos, que não era de conceder muitas entrevistas, mas que se expressava com os pés como poucos.

O repórter Diogo Marques foi conhecer de perto os lugares onde Rivaldo começou a lapidar seu talento. A morte do pai, quando ele tinha 16 anos apenas, quase o fez desistir da carreira. Por sorte, isso não aconteceu. Despontou no Santa Cruz, alto e muito magro. De lá, foi tentar a sorte em São Paulo. No Mogi Mirim chamou a atenção do Corinthians, em 1993. No ano seguinte, rumou para o arquirrival Palmeiras, onde sagrou-se campeão brasileiro, fazendo o gol do título justamente na decisão contra o ex-clube. O material transita por este período e depois pela jornada no Velho Continente, quando brilhou por La Coruña e Barcelona, da Espanha, antes do pentacampeonato. A Copa de 2002, aliás, é outro capítulo à parte. Por conta de uma lesão, Rivaldo quase ficou fora da lista final do técnico Luiz Felipe Scolari. E aí entra a participação fundamental do médico José Luiz Runco para impedir que isso acontecesse. Ao lado de Ronaldo e Ronaldinho Gaúcho, o camisa 10 fez um dos maiores tripés ofensivos da história do futebol. Marcou cinco gols naquela campanha e, para muitos especialistas e torcedores, foi o craque daquela conquista.

O programa deste domingo também receberá uma visita especial no estúdio. Barbara Coelho e Tiago Medeiros tomarão um café da manhã de Páscoa, regado a muito chocolate, com Pippo, apresentador do Gloob e ex-integrante da série “Detetives do Prédio Azul”. Ele é fã de futebol e comentará os gols da rodada de sábado do Brasileirão. Ao vivo do Maracanã, o repórter Richard Souza traz as últimas informações antes de a bola rolar para Flamengo x São Paulo, que a TV Globo exibe para todo o país a partir das 16h.

No último episódio da série “O País do Surfe”, o assunto é o futuro da modalidade. A repórter Karin Duarte mostra quem são as apostas para que a “Tempestade Brasileira” continue predominando nos mares do mundo. Um desses nomes é o de Sophia Medina, irmã do tricampeão mundial Gabriel Medina. Já o correspondente Guilherme Roseguini acompanhou de perto os últimos jogos da bicampeã olímpica de vôlei Sheilla, nos Estados Unidos. Uma das maiores ponteiras da história do vôlei brasileiro, ela despediu-se das quadras esta semana.

O ‘Esporte Espetacular’, com a matéria especial dos 50 anos de Rivaldo, começa domingo logo depois do ‘Auto Esporte’, na Globo.

Globo

Aposta nas melhores casas de apostas do dia 18 de Junho 2024

Deixe um comentário

Você está aqui: Início > Últimas Notícias > Os 50 anos de Rivaldo é destaque do ‘Esporte Espetacular’