Empresas investigadas pelo Cade negociaram direitos de transmissão com Globo, ESPN, Band e Esporte Interativo

Henrique Neves

Publicado :

Conforme já repercutido aqui no Esporteemidia.com, o Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica) instaurou inquérito para apurar uma suposta formação de cartel por empresas que venderam direitos de transmissão de eventos de futebol entre 2008 e 2017 e que negociaram com TVs importantes no Brasil, como Globo, ESPN, Band e Esporte Interativo nos últimos anos.

Oito empresas (B4 Capital AS, Dentsu, European Broadcaster Union, Infront Sports, MP & Silva, U! Sports GmbH, Telefónica e IMG) são investigadas, e 37 pessoas, em sua maioria executivos dos escritórios, serão intimadas para dar explicações em até 30 dias úteis.

De acordo com o Notícias da TV, no período em investigação, a Globo comprou a Copa América da Dentsu e o UFC da IMG e vendeu o licenciamento internacional do Brasileirão para a MP & Silva; a ESPN fechou o Campeonato Italiano da IMG e o Francês da Infront; o Esporte Interativo adquiriu o Mundial de Handebol em 2011 e 2013 com intermédio da MP & Silva, mesma empresa da qual a Band comprou o torneio de Roland Garros.

A investigação tem até 90 dias para ser concluída na superintendência-geral do órgão, que pode pedir mais dois meses para trabalhos complementares.

band

Espn

Globo

Aposta nas melhores casas de apostas do dia 28 de Maio 2024

KTO Sport

Bônus

R$ 200

EsportesdaSorte Sports

Bônus

R$ 300

Parimatch Sport

Bônus

R$ 500

Starda Sport

Bônus

R$ 500

Legend Play Sports

Bônus

R$ 1.750

Roobet Sports

Bônus

R$ 80

Royalistplay Sports

Bônus

R$ 500

Leovegas Sport

Bônus

-

IZZI Sport

Bônus

R$ 100

Bet7k Sports

Bônus

R$ 7.000

1 comentário em “Empresas investigadas pelo Cade negociaram direitos de transmissão com Globo, ESPN, Band e Esporte Interativo”

Deixe um comentário

Você está aqui: Início > Destaques > Empresas investigadas pelo Cade negociaram direitos de transmissão com Globo, ESPN, Band e Esporte Interativo