Concorrentes da ESPN se reforçam e canal da Disney não pode fazer investimentos que deseja; entenda

Atualizado :

Nos últimos dias tivemos movimentações nos canais esportivos. O SporTV contratou Everaldo Marques e Karine Alves e o FOX Sports, levou o Mauro Naves. E a ESPN? Alguém pode perguntar. Pois é, segundo publicação do UOL Esporte, a emissora da Disney tem se chateado, porque os concorrentes se reforçam e o canal não pode fazer os investimentos que deseja.

Ainda segundo o UOL, a maior queixa é que a ESPN Brasil não pode contratar por exemplo nomes do FOX Sports que interessam, por conta da indefinição da fusão entre Disney e FOX no Brasil – o Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica) reavalia o negócio.

Internamente, executivos da ESPN e da Disney afirmam que a Globo está se aproveitando da situação para melhorar ainda mais o seu casting e, aí sim, se colocar em um patamar mais elevado ainda em relação as suas concorrentes (Gabriela Moreira, Débora Gares, Juliano Lima, José Renato Ambrósio, Everaldo Marques, Karine Alves e Paulo Vinícius Coelho, são nomes que a Globo já contratou tirando-os da ESPN e FOX Sports).

Os executivos da ESPN afirmam que existe interesse em contar com alguns talentos que não querem mais estar no Fox Sports, mas nem indiretamente eles podem ir para o canal esportivo. Ou seja, se um profissional atualmente do Fox Sports pedir demissão, ele não pode aceitar proposta da ESPN Brasil, com possibilidade da empresa ser punida.





Espn

TV Fechada

Aposta nas melhores casas de apostas do dia 14 de Junho 2024

Deixe um comentário

Você está aqui: Início > Sem categoria > Concorrentes da ESPN se reforçam e canal da Disney não pode fazer investimentos que deseja; entenda