Coritiba entra com ação contra o Atlético/PR por transmissão à revelia de Atletiba


A transmissão sem autorização do Atletiba final do Campeonato Paranaense 2018, feita pela TV CAP, do Atlético, no YouTube e no Facebook, à revelia do Coritiba e da RPC (afiliada Globo), rendeu um processo do Coxa contra o Furacão, pedindo o pagamento de R$ 750 mil pelo uso dos direitos de imagem do Alviverde. A informação é do UOL Esporte, por Napoleão de Almeida.

No processo, o Coxa alega que cedeu seus direitos para a RPC de maneira exclusiva, para “exibição, disponibilização e exploração das partidas do Campeonato Paranaense de Futebol das edições de 2018 e 2019” e arbitra o valor com base no pedido do Atlético pelos direitos na final de 2013, R$ 1,5 milhão para dois jogos.

A ação ainda argumenta que os jogos do Furacão não foram transmitidos pela emissora de TV, que detém os direitos dos demais clubes e que “evidentemente que à impossibilidade de apropriação de sua imagem pela RPC corresponde, por simples simetria e paridade, a impossibilidade do réu de se utilizar da imagem do autor, que a havia cedido onerosamente à RPC.”

A RPC não tomou parte da ação. tlético e Coritiba não se manifestaram sobre o assunto.

Por outro lado, o Atlético já ganhou, em primeira instância, o direito de receber R$ 58.823,52 da Federação Paranaense de Futebol (FPF) por outra transmissão à revelia. Sem acordo com a TV em 2017, o Atlético barrou a transmissão de seus jogos, mas na semifinal com o Londrina, no Estádio do Café, a FPF transmitiu a disputa de pênaltis entre os times em seu perfil no Facebook.






Aposta nas melhores casas de apostas do dia 20 de Fevereiro 2024

Legend Play Sports

Bônus

R$ 1.750

Royalistplay Sports

Bônus

R$ 500

Leovegas Sport

Bônus

R$ 150
Deixe um comentário

Você está aqui: Início > Sem categoria > Coritiba entra com ação contra o Atlético/PR por transmissão à revelia de Atletiba