Bahia estuda romper contrato com a Turner após anúncio do fim dos canais Esporte Interativo

Atualizado :

O anúncio do fim dos canais Esporte Interativo na grade da TV por assinatura brasileira surpreendeu os clubes que fecharam acordo de transmissão com o canal na TV fechada para a próxima temporada. De acordo com a Folha de S. Paulo, por Diego Garcia, um dos sete times da Série A que faz parte do grupo, o Bahia já cogita pedir a rescisão do contrato na Justiça.

“Se forem confirmadas as informações prévias que temos, somados aos problemas contratuais que já estavam identificados, o Bahia vai buscar a rescisão do contrato via arbitragem e até via judicial. Entendemos que virou muito diferente do que foi proposto inicialmente e vamos buscar rescisão”, disse o presidente do Bahia, Guilherme Bellintani.

“Fomos pegos totalmente de surpresa. Não tínhamos essa noção. É mais um problema relativo ao Esporte Interativo. Temos alguns problemas contratuais e agora comercial, pois a mudança de canal afeta muito nossa estratégia e divulgação de marca”, continuou o dirigente.

AINDA SOBRE O ASSUNTO

André Henning, Vitor Sergio, Alê Oliveira, Mauro Beting e correspondentes internacionais seguem na Turner
Liga diz que contratos da Copa do Nordeste com a Turner não serão afetados com o fim dos canais Esporte Interativo

O Atlético/PR, outro time fechado com o Esporte Interativo a partir de 2019, também foi pego de surpresa. “Fui tão surpreendido quanto os outros clubes. Primeiro, preciso me informar. Vamos analisar o contrato”, disse Mário Celso Petraglia, presidente do Conselho Deliberativo do Atlético/PR e homem-forte da política do clube.

Além de Atlético/PR e Bahia, outros cinco times atualmente na Série A fecharam contratos em TV fechada  com a empresa do grupo Turner: Ceará, Internacional, Palmeiras, Paraná e Santos. O time da Vila Belmiro é outro que mandou o jurídico analisar o contrato com o Esporte Interativo e suas implicações.

“Estou aguardando uma posição do jurídico. Todo mundo foi surpreendido com a notícia. Todos pegos absolutamente de surpresa, lamentamos muito, era um canal importante na cobertura esportiva e é uma notícia muito ruim para o mercado ter um veículo a menos. Agora, em termos práticos, vamos analisar o contrato e entender melhor as implicações”, disse Marcello Frazão, diretor de marketing do Santos

Outro time que comentou a situação foi o Ceará. “Nunca imaginamos que isso ia acontecer. Imagino eu que os contratos deverão ser honrados. Ou executando ou de outra forma. Vamos ver o que acontece. Acho que vão nos chamar para alguma reunião e definir como será a continuidade do contrato ou não. O momento é de aguardar”, disse o presidente do Ceará, Robinson de Castro.


Aposta nas melhores casas de apostas do dia 17 de Junho 2024

Deixe um comentário

Você está aqui: Início > Sem categoria > Bahia estuda romper contrato com a Turner após anúncio do fim dos canais Esporte Interativo