“Não sei se é minha última Copa narrando”; “talvez seja”, diz Galvão Bueno

Atualizado :

Neste domingo (15), após narrar a final da Copa do Mundo, entre França x Croácia, Galvão Bueno deixou no ar que pode se aposentar. De acordo com o UOL Esporte, no encerramento da transmissão, o narrador disse que essa “provavelmente” foi sua última Copa.

“Não sei nem o que falar. Arnaldo falou. Casão falou… Eu vou deixar para mais tarde. Não sei o que falar. É minha vida. Mas vamos resolver com muita calma. Agora o que eu quero é dar um pulo lá no Qatar”, disse Galvão, inicialmente, para chamar o link ao vivo no Qatar, onde estava o repórter Renato Peters.

AINDA SOBRE O ASSUNTO
Arnaldo Cezar Coelho anuncia aposentadoria como comentarista; ‘a Globo me ensinou muita coisa’

Quando a transmissão voltou para Moscou, para Galvão se despedir e encerrar de form oficial a cobertura do Mundial, ele indicou que não narrará outra Copa do Mundo. “Não sei se é minha última Copa do Mundo narrando. Talvez seja. Comecei em 74, mas se tiver sido minha última Copa narrando, e provavelmente seja, foi especial, emocionante, maravilhosa, como se tivesse sido a primeira. Foi uma Copa realmente de mexer com o coração de todos nós.”

ATUALIZAÇÃO: Em sua conta no Instagram, Galvão escreveu: “As pessoas às vezes não entendem o que eu falo. Eu disse que talvez tenha sido minha última narração de final de Copa do Mundo depois de 12 Copas. Eu quero estar no Qatar. O Arnaldo vai estar lá, nem que seja de turista. Vai estar do meu lado, pra me ajudar, porque eu não sei mais trabalhar sem ele”.

galvão bueno

Aposta nas melhores casas de apostas do dia 20 de Maio 2024

KTO Sport

Bônus

R$ 200

EsportesdaSorte Sports

Bônus

R$ 300

Parimatch Sport

Bônus

R$ 500

Starda Sport

Bônus

R$ 500

Legend Play Sports

Bônus

R$ 1.750

Roobet Sports

Bônus

R$ 80

Royalistplay Sports

Bônus

R$ 500

Leovegas Sport

Bônus

-

IZZI Sport

Bônus

R$ 100

Bet7k Sports

Bônus

R$ 7.000
Deixe um comentário

Você está aqui: Início > Sem categoria > “Não sei se é minha última Copa narrando”; “talvez seja”, diz Galvão Bueno