Esporte Interativo pressiona conselheiros do São Paulo a barrar acerto com a Globo

Atualizado :

Na tentativa de aumentar o grupo de clubes que vão deixar o SporTV a partir de 2019, o Esporte Interativo mandou um e-mail para a presidência e ao Conselho deliberativo do São Paulo detalhando sua proposta, segundo publicou a Folha de S. Paulo, por Camila Mattoso.

Depois de saber que a atual gestão já havia escolhido a Globo, o executivo que comanda as negociações pelo canal ligado a Turner, Bernardo Ramalho, escreveu uma mensagem “para ter certeza que qualquer deliberação do Conselho será feita com base na comparação entre as duas propostas disponíveis”.

O conselho do São Paulo precisa aprovar a negociação para a diretoria fechar o acordo com a Globo. A análise ocorrerá nesta terça-feira (23).

O executivo da emissora da Turner abre os valores oferecidos: R$ 550 milhões por temporada para os 20 clubes da Série A, de 2019 a 2024, com valor de luvas de R$ 40 milhões ao time tricolor, pagos uma semana depois da assinatura do contrato.

Os valores já haviam sido vazados pelo vice de Futebol, Ataíde Gil Guerreiro. Segundo ele, porém, o valor oferecido é de R$ 560 milhões.

No e-mail, o executivo da Turner diz que clubes que fecharem com o canal ainda poderão vender diretos de TV aberta e pay-per-view para outras emissoras, como a Globo.

“Os clubes que aceitarem a nossa proposta de TV fechada não terão qualquer redução de receita dos seus contratos atuais de TV aberta ou Pay per View, pois os contratos em vigor são separados e independentes entre si, como determinado pelo CADE com o objetivo de permitir uma concorrência saudável pelos direitos. Os clubes continuarão livres também para negociar seus direitos de TV aberta e Pay per View de 2019 em diante. Ameaças e falta de clareza nas propostas não condizem mais com o ambiente de transparência que o país vive”, diz o e-mail, ao qual a <b>Folha</b> teve acesso.

Ramalho ainda pede que os conselheiros busquem ter acesso à proposta da Globo somente de TV fechada. Atualmente, a emissora negocia todos os contratos juntos, fechada, aberta e pay-per-view.

“Temos confiança de que o SPFC não se deixará confundir por uma estratégia de argumentos vazios que visam apenas a mascarar a diferença abissal entre as propostas apresentadas. (…) Portanto, qualquer tática negocial de colocar dúvidas sobre a capacidade do Esporte Interativo e da Turner de realizar as transmissões do Campeonato Brasileiro com excelência não passa de uma tentativa de tirar o foco da diferença colossal das propostas financeiras”, completa.

Segundo Guerreiro, o clube terá uma premiação de R$ 60 milhões caso assine com a Globo. O valor pago pelo direito de transmissão da TV fechada, porém, é menor cerca de 9 vezes do que o oferecido pelo Esporte Interativo.

O executivo ainda se colocou à disposição para pessoalmente tirar as dúvidas da proposta.

ATUALIZAÇÃO: Em sua página oficial no Facebook, o Esporte Interativo confirmou o envio de e-mail ao São Paulo e publicou comunicado a respeito. O texto pode ser lido neste link.

TV Fechada

Aposta nas melhores casas de apostas do dia 16 de Julho 2024

Deixe um comentário

Você está aqui: Início > Sem categoria > Esporte Interativo pressiona conselheiros do São Paulo a barrar acerto com a Globo