Câmara debate, na próxima semana, projeto que veta lutas de MMA na TV

Atualizado :

O polêmico projeto de lei que tenta proibir a transmissão de combates de MMA na TV será discutido na próxima semana. Está marcado para o dia 12 a realização de audiência pública em Brasília, e entre os convidados estão nomes como Anderson Silva, principal estrela da modalidade, um diretor da Globo e até um representante da Igreja. O lutador, no entanto, não comparecerá para priorizar os treinos para o UFC 148, informa o UOL Esporte.

O deputado José Mentor (PT-SP) é o autor do projeto de lei 5534/09, que veta as transmissões de “lutas marciais não olímpicas” em emissoras de TV. A pena para quem descumprir a determinação, caso ela seja aprovada em votação, vai de multa de R$ 150 mil a perda da concessão. Antes da votação, a audiência pública sugerida pelo deputado Sibá Machado (PT-AC) permitirá um debate sobre o assunto, tendo como convidados profissionais de diversas áreas, de lutadores a diretores de televisão, passando por médicos e religiosos.

Além de Anderson Silva, foram chamados também o deputado Magno Malta, um grande defensor das artes marciais mistas na Câmara, além de quatro presidentes de confederações de lutas. A Rede Globo, detentora dos direitos de transmissão do UFC, também poderá ser representada. Marcelo Campos Pinto, diretor de esportes da emissora, foi convidado a defender a veiculação dos combates, já que o canal comprou os direitos do UFC em 2011 e, além de passar eventos do Ultimate, estreou em 2012 o reality show The Ultimate Fighter, também ligado à organização norte-americana. A Globo também é dona do canal pago Combate, totalmente dedicado ao MMA.

Fora do âmbito esportivo e político, foram convidados nomes como Dom Frei Leonardo Ulrich Steiner, secretário-geral da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) e Humberto Cota Verona, presidente Conselho Federal de Psicologia (CFP).


Aposta nas melhores casas de apostas do dia 14 de Junho 2024

Deixe um comentário

Você está aqui: Início > Sem categoria > Câmara debate, na próxima semana, projeto que veta lutas de MMA na TV