Mexeu mal? Tuchel se defende das críticas por substituições: “Foram obrigadas”

Márcia Pereira

Atualizado :

O técnico do Bayern garantiu que as mudanças foram devido a lesões.

Thomas Tuchel se defendeu das várias críticas que recebeu após as decisões que tomou no jogo de volta das semifinais da Champions League contra o Real Madrid.

O técnico do Bayern de Munique esteve no olho do furacão, pois foi apontado como o principal culpado pela eliminação devido às mudanças que fez depois de ter a vantagem. No entanto, o alemão deixou claro que essas mudanças foram justificadas.

“Os quatro jogadores ofensivos que começaram contra o Real Madrid não podem jogar amanhã. Kane ainda tem um problema nas costas; Gnabry está lesionado e não sabemos se ele vai chegar à Eurocopa”, começou o estrategista.

Ele deu essas declarações na coletiva de imprensa antes do jogo da Bundesliga contra o Wolfsburg. Depois de conseguir a vantagem no minuto 68, Tuchel começou a mexer no banco com uma declaração de intenções: segurar o resultado. No entanto, não deu certo.

Tuchel fez mudanças no time

Aos 76’, tirou Leroy Sané para colocar o zagueiro Kim Min Jae, enquanto aos 84’ foi ainda mais evidente. Fez uma dupla substituição na qual colocou Thomas Müller e Eric Maxim Choupo Moting no lugar de Jamal Musiala e Harry Kane.

Carlo Ancelotti também mexeu no banco, mas para ir para frente. Em várias janelas entraram Luka Modric, Eduardo Camavinga, Brahim Díaz e Joselu, enquanto saíram Toni Kroos, Aurelien Tchouaméni, Rodrygo e Valverde. No final, tudo deu certo, pois conseguiram virar com dois gols de Joselu aos 88’ e 90+1’.

Por outro lado, Tuchel também mostrou sua preocupação com o problema que foram as lesões nesta temporada. Especialmente com Leroy Sané e Jamal Musiala, que têm desconfortos há várias semanas. Ele não garante a presença de nenhum dos dois nos jogos restantes.

“Sobre Sané… não acho que possamos vê-lo jogar nos próximos dois jogos, ele está em tratamento; e Musiala tem dores no joelho desde o jogo contra o Arsenal, ele não vai jogar amanhã e provavelmente também não na semana que vem”, acrescentou.

Thomas Tuchel, técnico do Bayern n de Munique, se defende de críticas afirmando que as alterações na Champions League foram devido a lesões.

Como Tuchel encara o final da temporada?

Um dos jornalistas perguntou a ele sobre o que sentirá contra o Wolfsburg, pois poderia ser seu último jogo no Allianz Arena no comando do Bayern. Tuchel deslizou a possibilidade de ficar, mas que tudo dependerá de muitos fatores e que só quer pensar no esporte.

“Não sei. Não queremos nos deixar levar nos próximos dias e queremos continuar. Todos nós temos muitas emoções. Recebi muitos pedidos de ingressos de familiares e amigos. Estou bloqueando isso e me concentrando no futebol e no que posso influir”, destacou.

O ex-Paris Saint Germain mencionou há alguns meses que não continuaria no banco quando a temporada terminasse. No entanto, recentemente revelou que isso não é uma certeza e que poderia ficar, embora primeiro tenha que pensar em muitas coisas.

Tristeza ela eliminação

Além disso, ele se mostrou triste pela eliminação contra a Casa Branca. Isso se deve ao fato de que eles colocaram todo o seu esforço para ganhar o único troféu que podiam, mas as coisas não saíram como esperavam. Ninguém no clube queria ir de férias em uma semana e ele enfatizou isso em sua declaração.

“Tudo, realmente tudo, se concentrou nos dois jogos contra o Real Madrid. Ontem pensei que era segunda-feira, embora fosse sexta-feira, porque nos dois jogos deixamos tudo em campo. Alguns jogadores saíram lesionados. Ontem treinamos, mas estava tudo um pouco triste. Eu aceito. Não queremos perder o ânimo”, finalizou.

O Bayern terá que visitar o Hoffenheim no sábado, 18 de maio, para encerrar a temporada, depois de receber o Wolfsburg. Dessa forma, colocará fim a um ano para esquecer, que se tornou o primeiro depois de 12 anos sem fazê-lo.

Acompanhe notícias do esporte no X (antigo Twitter):

@esporteemidiabr no Instagram e Twitter e tenha acesso às nossas novidades através das redes sociais.

Bayern Munich

Aposta nas melhores casas de apostas do dia 23 de Junho 2024

Deixe um comentário

Você está aqui: Início > Futebol > Futebol Europeu > Champions League > Mexeu mal? Tuchel se defende das críticas por substituições: “Foram obrigadas”