Atlético Mineiro sem técnico para a Libertadores? Início complicado para o time

Pedro Magalhães

Publicado :

Gabriel Milito não estará na estreia do Atlético Mineiro na Copa Libertadores. O Galo vai enfrentar o Caracas na Venezuela.


Gabriel Milito chegou ao Brasil há apenas uma semana
, mas já começou a trabalhar. O argentino assumiu o comando da equipe mineira no dia em que o clube comemorou seu 116º aniversário, mas, longe de festejar, seu objetivo era começar a conhecer o clube e seus jogadores, um elenco que precisa dele.

O maior desafio do clube de Belo Horizonte é voltar a dar luta na Copa Libertadores. O time está no grupo com Peñarol, Rosario Central e Caracas. A estreia será contra este último na quinta-feira, mas sem a presença do técnico.

Pagando pena

O motivo pelo qual Milito assistirá ao jogo da arquibancada é que ele está cumprindo uma partida de suspensão. El Mariscal foi expulso na partida entre Argentinos Juniors e Fluminense que terminou 1×0 a favor dos brasileiros. Isso aconteceu na última edição, quando Gabriel estava no comando do El Bicho.

Para esta partida entre Atlético Mineiro vs Caracas, a ser jogado na Venezuela, o novo técnico, que assumirá o comando, será Leandro Ávila, auxiliar técnico de Milito. O próximo jogo do Galo na Libertadores será contra o Rosario Central, na quarta-feira, 10 de abril. Até lá, Gabriel estará no banco de reservas.

Como Milito se saiu no Atlético Mineiro?

Gabriel Milito mal conseguiu disputar uma única partida e terminou em empate em 2×2. O jogo foi contra o Cruzeiro em casa pelo Campeonato Mineiro.

Os mineiros começaram o jogo vencendo com gol de Bruno Buch, aos 8 minutos. Aos 26 minutos, o Hulk aumentou a diferença e foi assim que chegaram ao intervalo. Aos 49′, Jemerson marcou um autogol e, mesmo antes do final do jogo, aos 90+5, Juan Ignacio Dinenno fez o gol do empate para fechar o jogo.

A imprensa criticou a atuação da equipe da casa por ter deixado os visitantes empatarem no final do jogo. No entanto, o desempenho do Mineiro foi ligeiramente superior. Teve mais posse de bola e mais chutes a gol, com oportunidades desperdiçadas.

Haja faltas

Além disso, foi um jogo muito disputado, com muitas faltas. Houve 12 cartões amarelos para o Galo e 7 para o Cruzeiro.

Embora não tenha sido a estreia dos sonhos para Milito, foi uma oportunidade de ver o que ele tem em campo. Hulk não falhou com gol e assistência. Foi também o melhor classificado com 8,3.

As duas equipes voltam a encontrar-se no domingo, 7 de abril, em casa, contra o Cruzeiro, para o jogo de volta.

Acompanhe notícias do esporte no X (antigo Twitter):

Siga @esporteemidiabr no Instagram e Twitter e tenha acesso às nossas novidades através das redes sociais.

notícias

Deixe um comentário

Você está aqui: Início > Futebol > Futebol Sul-Americano > Copa Libertadores > Atlético Mineiro sem técnico para a Libertadores? Início complicado para o time