Com luta marcada nos pesos-penas, Aljamain Sterling descarta voltar para o peso-galo do UFC: “Só de pensar já me dá náuseas”

O ex-campeão do UFC, Aljamain Sterling, revela dificuldades com cortes de peso intensos. Ele optou por mudar de categoria, devido ao impacto negativo no desempenho, estreando nos pesos-penas contra Calvin Kattar no UFC 300.

Prestes a estrar no peso-pena, Aljamain Sterling, ex-campeão dos pesos-galos do UFC, revelou os desafios e sofrimentos enfrentados devido aos cortes intensos de peso durante sua carreira. Em uma entrevista recente, Sterling compartilhou sua experiência, descrevendo o processo como exaustivo e prejudicial.

Desde sua estreia no Ultimate em 2014, Sterling passou por 19 cortes de peso, uma média de quase dois por temporada. Ele destacou que o processo era tão extenuante que afetou seu desempenho recente, resultando em uma perda de resistência e energia durante as lutas.

“Só de pensar nisso (corte para 61 kg) já me dá dor de cabeça e náuseas. As pessoas dizem que fico bem (nos galos) e não pareço estar sofrendo: ‘Ah, você teve um ótimo corte de peso’. E eu estou literalmente morrendo por dentro. (…) E acho que minhas últimas performances não foram das melhores por conta disso. (…) Então estou ansioso para ver como isso vai ficar com 66 kg e ver se consigo retornar (ao auge)”, disse.

Nova categoria, novos desafios

Sterling, agora aos 34 anos, decidiu mudar para a categoria dos pesos-penas devido aos desafios físicos e mentais associados ao corte de peso para os galos. Apesar das dificuldades enfrentadas, Sterling está otimista em relação à sua estreia nos pesos-penas.

Agendado para o UFC 300 em Las Vegas, ele enfrentará Calvin Kattar, número 8 do ranking nessa categoria. Uma vitória convincente pode abrir caminho para Sterling buscar um segundo título no UFC.

A comunidade do MMA está atenta à estreia de Sterling nos pesos-penas e espera ver como ele se adaptará à nova categoria. Ao mesmo tempo, seu depoimento reacende o debate intermitente em torno do corte de peso e o quanto ele pode ser prejudicial para a saúde de um atleta.

Acompanhe notícias do UFC no X (antigo Twitter):

Siga @esporteemidiabr no Instagram e Twitter e tenha acesso às nossas novidades através das redes sociais.

notícias

Deixe um comentário

Você está aqui: Início > Arte Marcial > MMA > Com luta marcada nos pesos-penas, Aljamain Sterling descarta voltar para o peso-galo do UFC: “Só de pensar já me dá náuseas”