Escândalo! PSG está sendo investigado por possíveis subornos para que Messi o ganhasse a Bola de Ouro em 2021

O Paris Saint-Germain (PSG) está sendo investigado na França por supostos subornos para garantir que Lionel Messi conquistasse a Bola de Ouro em 2021. A investigação envolve alegações de lobby, favores e relações controversas entre o clube e a France Football.

Se a investigação sobre supostas vantagens fiscais do PSG no pagamento dos 222 milhões por Neymar colocou o clube em apuros, agora uma nova acusação se junta contra eles. Os parisienses estariam sendo investigados por fazer um suposto ‘lobby’ para que Lionel Messi ganhasse a Bola de Ouro 2021, segundo Le Monde e Mediapart.

PSG e o presidente da France Football, Pascal Ferré, não tinham uma boa relação. Na verdade, Ferré tinha publicações denunciando o pagamento de supostas comissões ilegais que o clube recebeu pela contratação de Javier Pastore em 2011.

Atitudes um tanto quanto suspeitas

No entanto, segundo Le Monde, essas relações foram normalizadas entre 2019 e 2021, quando o organizador da entrega do Ballon d’Or fez alguns favores ao PSG:

  • 1. Apagou as publicações acusando o PSG de corrupção em 2011.
  • 2. Aceitou viajar com ingressos gratuitos para ver o PSG. Entre os jogos que ele assistiu estava um confronto contra o Dortmund com portões fechados, em 2020.

Além disso, Ferré viajou em classe executiva com a Qatar Airways em março de 2021, uma passagem que teria sido paga pelo governo do Catar e cujo preço ultrapassaria oito mil euros.

Mensagens mais comprometedoras ainda

Com base nisso, Le Monde e Mediapart especularam que esses “presentes” foram um lobby que o PSG fez para que Messi ganhasse a Bola de Ouro. Os mesmos jornais publicaram parte da investigação policial, detalhando supostas mensagens do ex-diretor de comunicação do clube, Jean-Martial Ribes.

Ribes enviou uma mensagem a Al Khelaïfi dizendo que “era preciso fazer lobby” e que almoçariam com Pascal Ferré, de acordo com a investigação. Vale ressaltar que, atualmente, Ferré faz parte do departamento de comunicação do clube parisiense.

Pascal Ferré negou sua possível implicação no lobby do PSG

De acordo com o AS, Ferré e seus associados negaram ter favorecido Leo Messi na Bola de Ouro 2021. Além disso, o ex-diretor da France Football afirmou ter votado em Robert Lewandowski como o melhor jogador do mundo na premiação.

Por outro lado, o responsável pelas comunicações do PSG não é o único investigado, de acordo com o OK Diario. A polícia francesa também estaria investigando Malik Nait-Liman, um ex-policial antiterrorista que agora trabalha no clube, e o empresário franco-argelino Tayeb Benabderrahmane.

Além do proprietário do clube, o fundo Qatar Sports Investments (QSI) e Jean-Martial Ribes. Este último também estaria sendo investigado por sua possível participação em crimes de corrupção e tráfico de influência.

Acompanhe notícias do esporte no X (antigo Twitter):

Siga @esporteemidiabr no Instagram e Twitter e tenha acesso às nossas novidades através das redes sociais.

notícias

Deixe um comentário

Você está aqui: Início > Futebol > Futebol de Seleções > Escândalo! PSG está sendo investigado por possíveis subornos para que Messi o ganhasse a Bola de Ouro em 2021