Os 10 melhores jogadores da história do Newell’s Old Boys

O Newell's Old Boys, destacado clube argentino, viu desfilar ao longo de sua história uma constelação de talentos que marcaram época. Neste rol de ícones, Justo Villar, goleiro paraguaio, brilhou no Torneio Apertura de 2004, enquanto Roberto Sensini, defensor, conquistou a liga em 1987. Juan Manuel Llop, meio-campista, obteve títulos como o Campeonato da Liga de 1987 e a Copa Libertadores em 1988. Outras lendas, como Mario Zanabria, Ignacio Scocco, Alfredo Obberti, Norberto Scoponi, Santiago Santamaría, Gerardo Martino e Victor Ramos, completam a lista dos 10 melhores jogadores da história do clube, cada um contribuindo de maneira única para a rica trajetória do Newell's Old Boys.

O Newell’s Old Boys é o berço de grandes craques do futebol argentino e internacional. Você sabe quem foram seus maiores expoentes? SR Deportes traz uma lista com os 10 melhores jogadores da história do clube.

Leia neste top do Esporte e Mídia sobre os 10 melhores jogadores da história do Newell’s Old Boys, um dos clubes com mais tradição do campeonato argentino.

 

Top 10 melhores jogadores da história do Newell’s Old Boys

Justo Villar

Um dos poucos estrangeiros nesta lista, de origem paraguaia, Justo Villar tornou-se jogador do Newell’s em 2004. Seu maior desafio foi o Torneio Apertura de 2004, onde se destacou, levando sua equipe à vitória na competição. Villar também foi premiado como o melhor goleiro do torneio, sendo nomeado goleiro do ano pela imprensa argentina.

O goleiro passou também por Valladolid, Estudiantes de La Plata, Nacional e finalmente pelo Colo Colo, onde conquistou vários títulos, incluindo o Campeonato do Torneio Clausura de 2014 e a Copa do Chile de 2016. Ele é o segundo goleiro desta lista e, sem dúvida, um dos melhores jogadores históricos do Newell’s Old Boys.

Roberto Sensini

Permanecendo durante três anos no Newell’s, Roberto Sensini foi campeão da liga em 1987 e fez parte do time que chegou à final da Taça Libertadores da América em 1988, apesar da derrota para o Nacional de Montevidéu.

O defensor argentino também teve passagens por clubes italianos como Udinese e Parma, contribuindo para o retorno da Udinese à primeira divisão e conquistando duas Taças UEFA e duas Taças de Itália com o Parma.

Sensini participou em três Copas do Mundo pela seleção argentina, sendo vice-campeão em 1990 e chegando às oitavas de final em 1994 e aos quartos de final em 1998. Ele ocupa o nono lugar desta lista.

Juan Manuel Llop

Juan Manuel Llop é um dos jogadores que conquistou grandes títulos para o Newell’s, incluindo o título da liga de 1987, o vice-campeonato da Copa Libertadores em 1988 e o Torneio Clausura de 1992.

O meio-campista é o terceiro jogador do Newell’s com mais jogos disputados, totalizando 399 partidas pela equipe. Llop também teve uma passagem pela direção da equipe argentina. Por essas razões, merece estar na posição número 8 deste top.

Mario Zanabria

Mario Zanabria disputou um total de 253 partidas pelos Rojinegros, sendo uma peça fundamental no meio-campo do Newell’s. Ele fez parte do time vencedor do Torneio Metropolitano de 1974 e marcou o gol da vitória na final contra o Rosario Central.

Zanabria é o jogador que disputou o maior número de dérbis de Rosário na história do Newell’s, com 31 jogos. Ele marcou um total de 56 gols durante sua carreira no clube argentino e ocupa o sétimo lugar neste top.

Ignacio Scocco

Ignacio Scocco não poderia ficar de fora da lista dos jogadores mais marcantes da história do Newell’s. O atacante é o artilheiro da Copa Libertadores da América, com 8 gols, e também foi o jogador com mais gols no Torneio Inicial de 2012, sagrando-se campeão do Torneio Final de 2013.

Scocco vestiu a camisa vermelha e preta em 185 jogos, marcando um total de 85 gols. Ele é considerado um dos melhores jogadores históricos do Newell’s e ocupa o sexto lugar nesta lista.

Alfredo Obberti

Alfredo Obberti fez parte do Newell’s campeão da liga em 1974 e é uma das maiores figuras históricas do clube. Disputou 147 jogos e, com 89 gols, é o terceiro maior goleador da história da equipe rubro-negra.

Ele passou um total de 5 anos com a equipe e, pelo seu grande contributo e valor, foi classificado como o quinto melhor jogador de futebol da história do Newell’s.

 

Norberto Scoponi 

Norberto Scoponi é o segundo jogador com mais jogos na história do Newell’s e um dos que mais títulos conquistou pela equipe. Durante sua passagem pelos rubro-negros, ganhou a Taça da Liga em 1987, o Torneio de Integração em 1990 e o Torneio de Encerramento em 1992.

O goleiro acompanhou a equipe em uma de suas maiores conquistas internacionais, chegando à final da Copa Libertadores de 1988, onde perdeu para o Nacional do Uruguai. Norberto é um grande expoente do Newell’s e ocupa o quarto lugar neste top.

Santiago Santamaría

A terceira posição não é uma tarefa fácil. Santiago Santamaría é o segundo melhor artilheiro da história do Newell’s, com 90 gols, tendo jogado um total de 293 encontros pelo clube argentino.

Apelidado de “Cucurucho”, acompanhou seu clube na vitória no primeiro torneio da AFA em sua história e também jogou um total de 11 partidas pela seleção argentina. Este craque ocupa o terceiro lugar entre os melhores jogadores da história do Newell’s.

Gerardo Martino

O segundo lugar vai para o jogador que disputou o maior número de jogos na história do Newell’s: Gerardo Martino. El Tata foi também o jogador que mais troféus conquistou pelos rubro-negros, disputando um total de 505 jogos.

Os títulos conquistados incluem o Campeonato de 1987, o primeiro torneio da AFA e o Torneio Apertura de 1990. Ele é uma das figuras mais conhecidas da história do Newell’s e ocupa o segundo lugar neste top.

Victor Ramos

O número 1 da lista vai para o melhor artilheiro de sempre do Newell’s Old Boys: Victor Ramos. O atacante ultrapassou o recorde de Mário Zanabria, marcando um total de 102 gols pela equipe vermelha e preta.

Ele foi também o goleador do Torneio Metropolitano de 1983 e vestiu a camisa do Newell’s em 242 jogos. É um exemplo para a história da equipe e é por isso que está no topo da lista.

Os 10 melhores jogadores de futebol da história do Newell’s Old Boys

Jogador Feat
10- Justo Villar Melhor guarda-redes do Torneio Apertura 2004
9- Roberto Sensini Ganhou o troféu da liga pelo Newell’s em 1987; foi vice-campeão do mundo com a Argentina em 1990.
8- Juan Manuel Llop Competições que ganhou com o Newell’s: Campeonato da Liga de 1987, vice-campeão da Taça Libertadores da América em 1988 e Torneio Clausura de 1992. Foi o terceiro jogador com mais jogos na história do clube.
7- Mario Zanabria Vencedor do Torneio Metropolitano de 1974. Foi a primeira taça da AFA para a coleção de troféus da equipa.
6- Ignacio Scocco O artilheiro do Newell’s na Taça Libertadores
5- Alfredo Obberti Campeão da Liga em 1974. Terceiro melhor marcador da história do Newell’s.
4- Norberto Scoponi Segundo jogador com mais jogos na história do Newell’s. Conquistou os seguintes títulos pela equipe: liga em 1987, Torneo Integración em 1990 e Torneo Clausura 1992.
3- Santiago Santamaría Com 90 gols, é o segundo melhor marcador da história do Newell’s.
2- Gerardo Martino Jogador com mais jogos oficiais pelo Newells: 505 jogos disputados
1- Victor Rogelio Ramos O maior artilheiro da história do Newell’s: 102 gols pelo clube rubro-negro.

É fã do futebol argentino? Descubra aqui o últimas notícias

 

Acompanhe notícias do esporte no X (antigo Twitter):

Siga @esporteemidiabr no Instagram e Twitter e tenha acesso às nossas novidades através das redes sociais.

tops

Aposta nas melhores casas de apostas do dia 24 de Fevereiro 2024

Legend Play Sports

Bônus

R$ 1.750

Royalistplay Sports

Bônus

R$ 500

Leovegas Sport

Bônus

R$ 150
Deixe um comentário

Você está aqui: Início > Futebol > Os 10 melhores jogadores da história do Newell’s Old Boys