Globo pagou R$ 60 Mil de indenização para o goleiro Sidão. Entenda!

A Globo foi condenada a pagar aproximadamente R$ 60 mil em indenização ao goleiro Sidão devido a uma situação constrangedora em 2019, quando ele foi ironicamente eleito Craque do Jogo após uma atuação problemática. Sidão processou a emissora por danos morais, alegando prejuízos em sua carreira. Apesar dos pedidos de desculpas e tentativas de reversão, a Justiça manteve a condenação, resultando no pagamento da indenização mais os custos do processo.

A Globo teve que pagar uma indenização no valor de aproximadamente R$ 60 mil ao goleiro Sidney Aparecido Ramos, conhecido como Sidão, nesta semana. O montante corresponde a uma decisão judicial favorável ao atleta, que moveu uma ação contra a emissora em 2019.

Neste ano, o goleiro foi eleito Craque do Jogo em uma partida transmitida entre Vasco e São Paulo. A Justiça determinou o ressarcimento por danos morais após a situação constrangedora vivenciada pelo jogador.

Relembre o Episódio que Levou à Indenização

O caso remonta a 12 de maio de 2019, quando Sidão, atuando como titular pelo Vasco, enfrentou o São Paulo e teve uma atuação problemática, resultando em uma derrota de 3 a 0 para a equipe carioca. A Globo, na época, inaugurava a premiação Craque do Jogo, cujo vencedor seria escolhido por votação online.

Sidão foi eleito com 90% dos votos, em uma situação que se tornou alvo de chacota. No caso, ficou claro que foram os torcedores rivais que votaram nele, dando a entender que ele foi crucial, com suas falhas, para a vitória do São Paulo. Esse tipo de chacota é bastante comum entre os torcedores, o que não exime a responsabilidade da emissora de levar a brincadeira adiante.

Consequências na carreira de Sidão

Após a polêmica premiação, Sidão decidiu processar a Globo, argumentando que a atitude da emissora o expôs a humilhação e constrangimento em rede nacional. Sidão, que atualmente defende o Atlético Catarinense, inicialmente solicitou uma indenização de R$ 1 milhão, mas o valor foi reduzido pela Justiça. O jogador alegou que o episódio prejudicou seus contratos no futebol.

A Globo, por sua vez, insistiu na defesa, mencionando a idade avançada do goleiro na época como um fator que poderia ter influenciado sua desvalorização profissional. O caso do Craque do Jogo levou a emissora a reformular o regulamento da premiação, buscando evitar situações semelhantes no futuro.

Desdobramentos judiciais

A Globo tentou reverter a decisão em diversas instâncias. Além de alegar ter modificado o regulamento da premiação para evitar incidentes similares, como já assinalado acima, a emissora também pediu desculpas públicas e privadas ao jogador. No entanto, a Justiça manteve a condenação, e a emissora realizou o pagamento de R$ 60 mil, acrescidos de juros, correção e custos processuais.

“A emissora poderia, simplesmente, ter optado por não entregar o troféu ao autor, poupando-lhe de tamanha humilhação e constrangimento em rede nacional”, afirmaram os advogados de defesa de Sidão.

Acompanhe notícias do esporte no X (antigo Twitter):

Siga @esporteemidiabr no Instagram e Twitter e tenha acesso às nossas novidades através das redes sociais.

notícias

Deixe um comentário

Você está aqui: Início > Futebol > Futebol Brasileiro > Brasileirão Série A > Globo pagou R$ 60 Mil de indenização para o goleiro Sidão. Entenda!