Depois do Botafogo, os problemas de John Textor continuam: Lyon e o técnico italiano

O dono do Olympique de Lyon, John Textor, apoia Fabio Grosso apesar de resultados fracos. Crise interna, descontentamento de jogadores e agenda desafiadora contribuem para a pressão sobre o treinador.

O proprietário do Lyon, John Textor, descartou qualquer intenção de demitir Fabio Grosso. No entanto, ele está ciente de que isso custa caro ao italiano.

“Gosto muito do Fabio. Vou falar com ele esta semana sobre como resolver algumas das deficiências no desempenho da equipe e veremos o que pode ser feito”, declarou Textor.

O conselho de administração do clube francês quer mudar a comissão técnica da equipe. A derrota contra o Lille na última rodada fez soar o alarme nos escritórios do clube. Após o resultado, falou-se na saída de vários jogadores, entre eles Corentin Tolisso e Alexandre Lacazette.

Tudo indica que o mau momento da equipe se deve a um ambiente ruim no vestiário. O treinador italiano afastou os jogadores mais influentes do clube, o que perturbou os demais. Há descontentamento entre os jogadores devido à forma como o treinador atua.

Ao mesmo tempo, as estatísticas não estão a favor de Grosso. Ele substituiu Laurent Blanc em setembro devido ao mau início de temporada do Lyon. Em sete jogos no comando, conseguiu apenas uma vitória. É o pior início de temporada dos leões na história. Reverter a situação está custando caro.

Inclusive a relação do treinador italiano com os torcedores não é a melhor. Há alguns meses, ele se lesionou e teve que levar pontos na cabeça. Isso abriu um precedente no clube. Atualmente, os torcedores pedem a demissão de Fábio o mais rapidamente possível.

Calendário difícil para o Lyon

Até o final do ano, os leões enfrentam uma série de jogos difíceis na Ligue 1. Na 14ª rodada, visitam o Lens, que está no topo da tabela. Jogam no sábado, 2 de dezembro, às 12:00 (hora local). A equipe da casa vai tentar a vitória.

Em seguida, o Velódromo recebe o clássico contra o Olympique de Marselha. O jogo será disputado no dia 6 de dezembro. Este será o jogo mais difícil do calendário do Lyon. Além disso, a equipe azul clara precisa de pontos no campeonato. Encerra o ano jogando contra o AS Monaco e o Nantes.

Neste momento, os azuis e brancos estão a cinco pontos da salvação. Estão na parte de baixo da tabela com sete pontos após 12 jogos disputados. Têm um registro de uma vitória, quatro empates e sete derrotas, com estatísticas de nove gols marcados e 21 sofridos. É a terceira equipe com pior pontuação no campeonato.

Acompanhe notícias do esporte no X (antigo Twitter):

Siga @esporteemidiabr no Instagram e Twitter e tenha acesso às nossas novidades através das redes sociais.

notícias

Deixe um comentário

Você está aqui: Início > Futebol > Futebol Europeu > França > Ligue 1 > Depois do Botafogo, os problemas de John Textor continuam: Lyon e o técnico italiano