Barril dobrado: Everton perde 10 pontos na Premier; Chelsea e City estão em perigo

O Everton foi penalizado na Premier League por violações financeiras, resultando na maior dedução de pontos na história da liga. A equipe, acusada de ultrapassar o limite trienal de 105 milhões de libras em três anos, perdeu 10 pontos imediatamente. O clube expressou choque e desapontamento, anunciando a intenção de recorrer. A sanção lança uma sombra sobre outros clubes, como Manchester City e Chelsea, que também podem ser investigados. O City enfrenta 115 acusações de irregularidades, remontando a 2008, após a compra pelo fundo de investimento dos Emirados Árabes Unidos.

Os Toffees foram punidos na Premier League por irregularidades financeiras, o que os deixou no segundo lugar da tabela.

A equipe de Sean Dyche, Everton, foi punida na Premier League por violações dos regulamentos financeiros, resultando na perda de 10 pontos na tabela classificativa. Esta penalização representa a maior dedução de pontos na história da Premier League.

A investigação teve início em março, após uma denúncia da própria Premier League sobre irregularidades financeiras na temporada 2021-2022. Uma comissão independente foi formada, e a sentença foi proferida no mês anterior.

Esta sanção será aplicada imediatamente, deixando o clube na penúltima posição da tabela, com quatro pontos, empatado com o Burnley, que venceu apenas uma partida. A diferença de gols os coloca atrás, com os Vinotintos tendo -21 e eles -3.

Após o anúncio da penalização, clubes como o Manchester City e o Chelsea podem também ser investigados no mesmo caso.

 

 

Resposta do Everton

Num comunicado da Premier League, foi revelado que a comissão concluiu, durante a investigação, que o Everton ultrapassou o limite trienal de 105 milhões de libras em três anos, estabelecido nos regulamentos, tendo perdido 124,5 milhões de libras. Como resultado, foi decidido aplicar uma sanção desportiva imediata.

O Everton, por sua vez, reagiu prontamente a este resultado.

“O Everton está chocado e desiludido com a decisão da Comissão da Premier League. O clube considera que a Comissão impôs uma sanção desportiva totalmente desproporcional e injusta. O clube já comunicou a sua intenção de recorrer da decisão junto à Premier League”, afirmou o clube nas redes sociais.

 

Caso levado ao conselho

O caso será levado ao Conselho de Apelação da Premier League.

“O Clube também seguirá com grande interesse as decisões tomadas em qualquer outro caso relacionado com as Regras de Lucro e Sustentabilidade da Premier League. O Everton não pode fazer mais comentários sobre este assunto até que o processo de recurso esteja concluído”, lê-se no comunicado.

A penalização lança uma luz sobre o Manchester City e o Chelsea, conforme apontado pelo próprio Everton. Atualmente, o City enfrenta 115 acusações de irregularidades feitas pela própria liga, um caso ainda não resolvido.

As acusações surgiram no início deste ano, quando o Manchester City foi acusado de cometer “centenas de infrações” desde 2008, após a compra do clube pelo fundo de investimento dos Emirados Árabes Unidos.

 

 

Acompanhe notícias do esporte no X (antigo Twitter):

Siga @esporteemidiabr no Instagram e Twitter e tenha acesso às nossas novidades através das redes sociais.

Aposta nas melhores casas de apostas do dia 26 de Fevereiro 2024

Legend Play Sports

Bônus

R$ 1.750

Royalistplay Sports

Bônus

R$ 500

Leovegas Sport

Bônus

R$ 150
Deixe um comentário

Você está aqui: Início > Futebol > Futebol Europeu > Inglaterra > Premier League > Barril dobrado: Everton perde 10 pontos na Premier; Chelsea e City estão em perigo