Alta na ala médica: Xavi Hernandez está livre de lesões; Pedri de volta à equipe, De Jong de fora

Henrique Neves

Publicado :

Em uma coletiva de imprensa, Xavi Hernández abordou as lesões em seu elenco, destacando as condições de Pedri e Frenkie De Jong. Enquanto Pedri recebeu alta médica e viajará para o próximo jogo, Frenkie De Jong não se recuperou a tempo. Xavi enfatizou a importância de Pedri para o time e comentou sobre outros jogadores recuperados, como Robert Lewandowski e Raphinha. O técnico negou dúvidas sobre a condição física de sua equipe e ressaltou que a falta de concentração foi o problema em um jogo anterior. Além disso, Xavi considerou o próximo jogo contra a Real Sociedad como uma oportunidade para a equipe se recuperar.

Xavi Hernández foi questionado em coletiva de imprensa sobre as múltiplas lesões no elenco nesta fase da temporada.

Xavi Hernández falou com a imprensa antes do jogo contra o Real Sociedad. Um dos principais temas sobre os quais foi questionado foi o estado das lesões de Pedri e Frenkie De Jong.

No caso do canário, já recebeu alta médica e está incluído no convite para viajar para San Sebastian. O caso do holandês é diferente, pois não conseguiu se recuperar a tempo para o importante jogo no País Basco.

O treinador afirmou que tudo se resumiu aos sentimentos. O número 8 sentiu-se bem, enquanto o número 21 não. Hernandez disse que Frenkie ainda sente dores no tornozelo direito, o que o impediu de treinar normalmente.

 

 

Plenas condições

A partir daí, o treinador disse não estar buscando “a terceira perna da moeda” em relação às lesões. Ele também acrescentou que vê Pedri González em plenas condições e que seu retorno é importante para o grupo.

O treinador abordou os outros jogadores recuperados do elenco, como Robert Lewandowski e Raphinha. Ambos retornaram contra o Real Madrid, e agora suas lesões estão curadas. Ele lamentou também que nem De Jong nem Sergi Roberto estejam prontos para retornar aos gramados.

O técnico encerrou negando quaisquer dúvidas sobre a condição física de todo o elenco. Após a reviravolta contra seus eternos rivais, a premissa continuou sendo que o Barça caiu após 60 minutos devido à falta de pernas dos jogadores.

Em resposta, o técnico garantiu que não se tratava de cansaço, mas sim de falta de concentração e desconexões ocasionais. Esse tipo de erros deve-se aos próprios erros e à falta de concentração quando o jogo está sob controle.

Xavi Hernández e uma prova de fogo

O jogo do fim de semana contra a Real Sociedad foi contra um rival direto. Os espanhóis enfrentaram o quarto e quinto colocados na tabela. Os desempenhos das duas equipes também são inconsistentes.

Xavi considera que o jogo foi de alto nível entre duas equipes da Liga dos Campeões. Mas, acima de tudo, é importante para o Barcelona, que precisava se recuperar rapidamente após a derrota contra o Real Madrid.

“Depois da derrota contra o Madrid, demos um passo à frente nos treinos e queremos mostrar que reagimos e conquistar os três pontos”, afirmou Xavi.

Relacionado a isso, Hernandez mencionou palavras de Ilkay Gündogan após o clássico. As críticas do alemão não caíram mal no vestiário, segundo o próprio Xavi, mas são uma questão cultural.

“Ele expressou sua raiva, só isso. Cada um faz isso à sua maneira. É uma questão cultural. No outro dia, Müller, o capitão do Bayern, também veio a público criticar. Isso é normal”, disse o treinador.

Neste autoexame, o treinador foi bastante enfático quanto à questão de saber se sua posição está em risco. No final, a equipe catalã conquistou apenas quatro pontos em nove possíveis em outubro e foi criticada por isso, apesar de ter obtido bons resultados em outras competições.

“Não li sobre uma possível saída, é a primeira notícia que recebo. Mas é a realidade do treinador. Hoje estamos aqui, e amanhã já não estamos. É a primeira coisa que nos ensinam no curso de treinador: estamos preparados para ser demitidos? É assim que as coisas são. As exigências do treinador, sobretudo no nível de elite”, afirmou a lenda culé.O que é claro é que a equipe técnica deve encarar esta jornada como uma final para dissipar os fantasmas do clássico. Uma vitória deixaria a equipe a apenas um ponto da liderança.

O que é claro é que a equipe técnica deve encarar esta jornada como uma final para dissipar os fantasmas do Clássico. Uma vitória deixaria a equipe a apenas um ponto da liderança.

 

 

Acompanhe notícias do esporte no X (antigo Twitter):

Siga @esporteemidiabr no Instagram e Twitter e tenha acesso às nossas novidades através das redes sociais.

Aposta nas melhores casas de apostas do dia 21 de Junho 2024

Deixe um comentário

Você está aqui: Início > Futebol > Futebol Europeu > Espanha > La Liga > Alta na ala médica: Xavi Hernandez está livre de lesões; Pedri de volta à equipe, De Jong de fora