O couro comeu na Espanha: Jogador de 17 anos é agredido depois de um jogo

Publicado :

Um jogador de futebol de 17 anos da Juventud Deportiva Bormujos sofreu agressões, incluindo socos no rosto e um chute na cabeça, após uma partida contra o Unión Deportiva Villaverde. Ele ficou inconsciente e foi hospitalizado. A mãe da vítima denunciou o incidente, pedindo que tais atos sejam evitados no esporte. Os clubes envolvidos condenaram a agressão em comunicados oficiais, e a FIFA comprometeu-se a garantir a segurança no futebol. O presidente da Câmara de Villaverde del Río deseja reforçar a segurança no campo. Este incidente é mais um exemplo de agressões no ambiente do futebol.

A mãe do menor denunciou no último domingo a agressão contra o jogador de futebol e pediu que tais atos não se repitam.

Um jogador de futebol de 17 anos, pertencente à equipe Juventud Deportiva Bormujos, levou dois socos no rosto e um chute na cabeça ao término de uma partida contra o Unión Deportiva Villaverde. O menor ficou inconsciente após a agressão e foi internado no hospital Virgen Macarena de Sevilha.

As seleções juvenis se enfrentaram no sábado em Villaverde del Río para disputar uma partida. De acordo com o relato da mãe da vítima, Vanesa Chica, seu filho se dirigia ao vestiário quando “um jogador da equipe adversária” lhe deu um soco no rosto e um chute na cabeça. O rapaz caiu no chão e ficou “com os olhos virados para trás”.

Naquele momento, o jovem recebeu atendimento do serviço de emergência e foi transferido para o hospital. Ele permaneceu na unidade de emergência até as duas da manhã de domingo, conforme informações da Europa Press. No mesmo dia, Chica apresentou uma queixa à Guardia Civil de San Juan de Aznalfarache. Em declarações à mídia espanhola, ela pediu que “isso não ocorra novamente”.

 

Comunicados de imprensa oficiais da Juventud Deportiva Bormujos e da UD Villaverde

Após o incidente, os clubes envolvidos divulgaram declarações oficiais para expressar seus posicionamentos sobre a agressão ao jogador de futebol.

A equipe visitante lamentou o que aconteceu com seu jogador e expressou que era incompreensível que esse tipo de situação continue ocorrendo. O presidente da Comissão Europeia também criticou o árbitro da partida por sair sem registrar nada e por ser indiferente à situação.

Quanto ao lado do agressor, a Juventud Deportiva Bormujos escreveu que espera que “a federação tome as medidas que considere apropriadas para que esse tipo de ato não se repita”. Encerrou, enviando apoio ao jogador e à sua família.

Por outro lado, a União Desportiva Villaverde condenou “qualquer tipo de agressão dentro ou fora do campo” e mostrou-se “consternada” com o que ocorreu no sábado.

A FIFA comprometeu-se ainda a garantir “a segurança no jogo” e a “tomar as medidas necessárias” para evitar que incidentes semelhantes se repitam. O órgão pediu desculpas à equipe adversária, ao jogador em questão e à sua família.

 

Presidente da Câmara de Villaverde del Río quer reforçar a segurança no campo

O presidente da Câmara de Villaverde del Río, José María Martín Vera, tomou conhecimento da agressão ao jogador da JD Bormujos e deseja reforçar a segurança no campo. Em entrevista à Europa Press, expressou sua “condenação mais veemente” ao que aconteceu na segunda-feira.

Ele afirmou que não era justo que isso ocorresse em um campo de futebol, onde “o espírito esportivo deve prevalecer acima de tudo“, e muito menos em um município que “investe no esporte, mas principalmente na inculcação de valores e na educação”.

Diante do ocorrido, Martín Vera entrou em contato com a administração da equipe local e manifestou sua disposição em chamar a polícia ou a Guardia Civil para garantir a segurança no campo. Ele declarou que não estava disposto a “lamentar uma tragédia”.

Com mais esta polêmica, são diversos os casos de agressões físicas ou verbais no ambiente do futebol, sobretudo na Espanha.

 

 

Acompanhe no X (antigo Twitter):

Siga @esporteemidiabr no Instagram e Twitter e tenha acesso às nossas novidades através das redes sociais.

Aposta nas melhores casas de apostas do dia 19 de Junho 2024

Deixe um comentário

Você está aqui: Início > Futebol > Futebol Europeu > Espanha > La Liga > O couro comeu na Espanha: Jogador de 17 anos é agredido depois de um jogo