Cai fora: Fogão demite treinador Bruno Lage, a pedido dos jogadores

Publicado :

Líder do Brasileirão, Botafogo pega a todos de surpresa ao demitir o treinador Bruno Lage, por conta de uma sequência de cinco jogos sem vitória. Decisão foi motivada pela pressão dos líderes do elenco e pela escolha controversa de Lage de deixar um jogador chave no banco. O clube anunciou a mudança através das redes sociais, agradecendo a Lage e sua equipe por seu profissionalismo

Se tem coisa que surpreende, é o futebol brasileiro. O Botafogo, atual líder do Campeonato Brasileiro, acaba de tomar  uma decisão drástica ao optar pela demissão do técnico Bruno Lage. A equipe alvinegra, que segue no topo da tabela, optou por encerrar a parceria com o treinador, apesar da posição privilegiada, conquistada com muito trabalho. A decisão pegou a todos de surpresa, embora o Fogão tenha dado uma derrapada nos últimos resultados.

Adeus, bye bye

O comunicado oficial foi publicado através das redes sociais do clube. Nele, o Botafogo expressa gratidão a Bruno Lage e sua equipe técnica pelo período no qual estiveram no comando. O comunicado também enfatiza o profissionalismo de Lage, destacando que, apesar de um início promissor com 10 jogos de invencibilidade, os resultados recentes não atenderam às expectativas do clube. A notícia da demissão surpreendeu os torcedores e levantou questionamentos sobre os motivos por trás dessa decisão.

Veja a nota oficial do Fogão:

Vai com Deus

Os resultados aquém das expectativas mencionados no texto referem-se a uma sequência de cinco partidas sem vitória, que gerou desconforto entre os jogadores. A relação com o elenco ficou estremecida devido à escolha do treinador de deixar Tiquinho Soares, um dos principais jogadores da equipe, no banco. O Botafogo, temendo perder sua liderança no campeonato, não pôde ignorar os pedidos dos líderes e verdadeiros astros do elenco, bem omo a pressão resultante. 

Agora, o clube busca opções dentro de sua própria estrutura, tendo anunciado Lucio Flavio e Joel Carli (na função de assistente técnico) no comando interino do time a partir desta quarta (4) na preparação para a partida de domingo, contra o Fluminense, pelo Brasileirão..

Adeus não, me diga até breve

Bruno Lage deixa o Botafogo após 88 dias no comando, com um registro de cinco vitórias, sete empates e quatro derrotas em 16 jogos disputados, correspondendo a um aproveitamento de 42,2%. Apesar da eliminação na Copa Sul-Americana, Lage comandou a equipe em dez rodadas do Brasileirão, onde o clube ainda ocupa o primeiro lugar com 52 pontos. Sua colaboração no Fogão deixa uma misto de resultados e desafios para o próximo comandante técnico, enquanto os torcedores aguardam por gols e  títulos.

Acompanhe no X (antigo Twitter):

Siga @esporteemidiabr no Instagram e Twitter e tenha acesso às nossas novidades através das redes sociais.

Aposta nas melhores casas de apostas do dia 17 de Junho 2024

Deixe um comentário

Você está aqui: Início > Futebol > Futebol Brasileiro > Cai fora: Fogão demite treinador Bruno Lage, a pedido dos jogadores