Valentão não tem vez: Kléber Gladiador é afastado da CNN por denúncias de agressões

Henrique Neves

Publicado :

O ex-jogador e atual comentarista esportivo Kléber Gladiador foi afastado do programa "Domingol com Benja" da CNN Brasil, após ser acusado de agredir uma funcionária de um posto de gasolina em São Paulo. A emissora tomou a decisão após a divulgação de imagens que mostram o ex-jogador tentando adentrar uma loja de conveniência do posto, sendo impedido por uma mulher. A mulher alega que foi agredida por Kléber Gladiador, que nega as acusações e afirma que agiu em legítima defesa. O caso está sendo investigado pela polícia.

O ex-jogador e atual comentarista esportivo,  Kléber Gladiador, 40 anos, foi afastado do programa esportivo “Domingol com Benja” da CNN Brasil, onde atuava como convidado fixo, em decorrência de um incidente de agressão física. A medida foi anunciada pela emissora através de uma nota oficial.

Briga em posto

A decisão do afastamento se deu após vir à tona um lamentável episódio: uma funcionária de um posto de gasolina em São Paulo registrar um boletim de ocorrência, alegando ter sido agredida por Kléber Gladiador durante a madrugada do dia 3 deste mês. O incidente teve como palco a loja de conveniência do posto, localizado na avenida Brigadeiro Faria Lima, no bairro de Pinheiros, Zona Oeste da capital paulista.

Imagens mostram tudo

Imagens capturadas pelas câmeras de segurança, posteriormente exibidas pela Record, mostram o ex-jogador tentando adentrar uma loja de conveniência em meio a uma briga, sendo impedido por uma mulher.

A CNN Brasil, em sua nota, afirmou:

“Em decorrência dos fatos recentes envolvendo o ex-jogador Kléber Giacomazzi de Souza Freitas, conhecido como Kléber Gladiador, a CNN Brasil informa que o comentarista esportivo não participará mais como convidado da atração semanal ‘Domingol com Benja’.”

Kléber alegou inocência

Em sua própria defesa, Kléber Gladiador foi às redes sociais para fazer uma declaração:

“Diante das diversas matérias publicadas por diversos sites e notícias nas redes de televisão, diferentemente do veiculado, no último dia 03/09 fui agredido por 3 pessoas e apenas me defendi das agressões que sofri, sejam elas físicas e/ou morais. Em nenhum momento agredi qualquer funcionário(a) do estabelecimento, inclusive nos vídeos veiculados inexiste, da minha parte, qualquer agressão ou tentativa. Os fatos não foram tal como ditos ou veiculados e irei provas às autoridades, assim que for intimado a prestar esclarecimentos, apresentarei a minha versão do que realmente ocorreu, agi em legítima defesa e tenho testemunhas que corroboram com a minha versão dos fatos.”

Apesar de alegar legítima defesa, o episódio marca um capítulo controverso na trajetória de Kléber. A situação continua sob investigação pelas autoridades, e novos desdobramentos podem ocorrer à medida que mais informações surgirem sobre o caso.

Acompanhe no Twitter:

Siga @esporteemidiabr no Instagram e Twitter e tenha acesso às nossas novidades através das redes sociais.

Aposta nas melhores casas de apostas do dia 22 de Junho 2024

Deixe um comentário

Você está aqui: Início > Destaques > Valentão não tem vez: Kléber Gladiador é afastado da CNN por denúncias de agressões