Vai dar preju! Garoto-propaganda de game do UFC é derrotado e gera impasse

Henrique Neves

Publicado :

O azarão norteamericano Sean Strickland, derrotou o campeão dos médios Israel Adesanya por decisão unânime dos juízes no UFC 293. Strickland foi mais agressivo e eficiente que Adesanya, que foi incapaz de encontrar espaço para atacar.

Por essa ninguém imaginava! Sean Strickland chocou o mundo ao vencer Israel Adesanya por decisão unânime dos juízes, no UFC 293, em Sydney, na Austrália, no último sábado, 9 de setembro. O norte-americano, considerado o azarão da luta, dominou Adesanya por toda a luta, demonstrando controle de agressividade e volume de golpes.

EUA x Nigéria

A luta começou equilibrada, com Strickland pressionando Adesanya e o nigeriano tentando encontrar espaço para contra-atacar, durante os primeiros rounds. No entanto, Strickland foi mais eficiente e conseguiu pontuar com mais frequência.

Strickland derrubou o nigeriano, ao acertar um direto no queixo. Ele se levantou,  mas permaneceu atordoado, e não conseguiu mais reencontrar o ritmo. Dessa forma, nos rounds seguintes, Strickland continuou pressionando e controlando a luta. Adesanya não conseguiu encontrar espaço para atacar e acabou sendo derrotado por decisão unânime dos juízes, com triplo 49-46.

Vitória para o Azarão

Recebido com grande surpresa, o triunfo de Strickland surpreendeu, por ele ser considerado um azarão naquele confronto. Adesanya, por sua vez, era o campeão dos médios desde 2019. Além disso, Strickland foi capaz de tirar vantagem da estratégia de Adesanya, que tentava manter a distância e controlar o combate com seus chutes. Strickland conseguiu se aproximar do rival e conectá-lo com seus golpes, estratégia que o ajudou a vencer a luta. Ao final, Sean revelou ter achado que o seu confrontante lhe havia subestimado:

“Aparentemente sim. Eu sinto que o cara nem tentou. Em alguns momentos quando estávamos trocando socos, eu fiquei tipo ‘Estou lutando contra um amador agora? O que está acontecendo?’ Mas sim, acho que falo muito e as pessoas esquecem que eu posso lutar, mas aqui estamos, e vocês vão ter que falar comigo um pouco mais. Desculpe por isso.”

Prejuízo para o UFC?

Após a luta, Dana White, presidente do UFC, minimizou a vitória de Strickland, dizendo que Adesanya não estava em sua melhor forma. Já o treinador de Adesanya apelou para uma resposta subjetiva, alegando a existência de um universo alternativo:

“O universo faz coisas. Eu acho que Sean é um ótimo lutador e nunca pensei que ele não fosse capaz de vencer Israel, mas eu acredito que se Israel lutasse no máximo de suas capacidades, teria sido difícil para o Sean. Existia um universo alternativo onde Israel atua no seu pior, no qual Sean poderia vencer, e eu estou sentado nesse universo agora. O camp de treinamento foi ótimo. Não vou dar nenhuma desculpa quanto a isso”, explicou Eugene Bareman.

UFC 5

O fato é que Adesanya acaba de ser revelado como Garoto da Capa da edição Deluxe do Game UFC 5, o qual promete incrível realismo e novos itens para melhorar a jogabilidade. A edição de luxo, que traz o nigeriano, é ainda mais cara, oferecendo possibilidades de recursos extras para os seus usuários. Perder a uma altura dessa, definitivamente não estava nos planos de ninguém.

Acompanhe novidades sobre o UFC no Twitter:

Siga @esporteemidiabr no Instagram e Twitter e tenha acesso às nossas novidades através das redes sociais.

notícias

Deixe um comentário

Você está aqui: Início > Arte Marcial > MMA > Vai dar preju! Garoto-propaganda de game do UFC é derrotado e gera impasse