Jota Jr, mais uma vítima do Passaralho da Globo, está processando o canal

O ex narrador da Rede Globo, demitido em março, decidiu processar a emissora por não reconhecimento de vínculo trabalhista. A ação passa dos 15 milhões e pretende fazer justiça ao profissional, que alega ter trabalhado por mais de 20 anos sem contrato de CLT.

24 anos não são 24 dias! O ex-narrador da Rede Globo, Jota Junior, demitido pelo mesmo passaralho que levou Cléber Machado em março deste ano, está processando sua antiga empregadora. Em entrevista ao site ‘Notícias da TV’, na época da demissão, Jota repassou o informe de que havia sido dispensado por razões de ‘cortes financeiros’. Contudo, parece que agora o jogo virou. O tom conformista mudou e Jota Jr. decidiu reclamar por seus direitos; acompanhe.

Pejotinha da Globo

Orientado por seus advogados, Jota resolveu reagir e reclamar alguns direitos pendentes. Agora, o locutor processa a emissora por reconhecimento dos direitos trabalhistas, referente ao período trabalhado sem carteira assinada, contratado como Pessoa Jurídica (PJ). O alegado pelo profissional é de ter passado 20 anos sem ser contratado pela CLT.

Fora isso, há também a denúncia de redução salarial sem motivo, nem aviso prévio. Isso teria ocorrido em 2019, quando a emissora decidiu regularizar a situação de alguns de seus funcionários. Segundo Jota, seu salário foi reduzido em quase R$20 mil durante a alteração de regime.

O processo chega a R$ 15,8 milhões e está sendo movido pelo Tribunal Regional do Trabalho da 2ª Região. A Globo não emitiu nenhuma declaração sobre o ocorrido, uma vez que a política interna da emissora é jamais se pronunciar sobre assuntos de Justiça que envolvem o seu nome. Curioso, não?

Carreira como narrador

Jota Jr compôs, por mais de 20 anos, o time de narradores da emissora. Ficou conhecido como “a Voz da Série B”, na transmissão dos jogos pela SporTV. Fora isso, narrou jogos amistosos da Seleção Brasileira e partidas da Copa de 2010 e 2014. Foi também responsável por cobrir outras modalidades, como torneios de vôlei da Superliga e do Campeonato Mundial de Voleibol Feminino de 2014. Apesar de não ser da equipe número 1 da antiga casa, era uma carreira consolidada, na qual não faltavam trabalhos e jogos a serem cobertos.

Siga o Portal GE e fique ligado nas notícias dos Esportes:

Ajude Esporte e Mídia a seguir crescendo, sugerindo notícias e pautas a serem publicadas no nosso site.

notícias

Deixe um comentário

Você está aqui: Início > noticias > Jota Jr, mais uma vítima do Passaralho da Globo, está processando o canal