Prisão antes dos 12 anos e tigres como animal de estimação: saiba 6 curiosidades sobre Mike Tyson

Publicado :

Existem alguns personagens da mídia, dos esportes e da política que nunca saem de cena. Um deles, sem sombra de dúvida, é Mike Tyson. O boxeador norte-americano é uma lenda no esporte, com lutas inesquecíveis e nocautes impressionantes. Mas sua história de vida também é marcada por polêmicas e fatos desconhecidos do grande público.

Tyson fascinou o mundo desde que ganhou destaque como um boxeador aparentemente imbatível na década de 1980. Desde então – como esses fatos de Mike Tyson provam – ele fez barulho dentro e fora do ringue.

De fato, Tyson é conhecido por muito mais do que apenas suas proezas no boxe. Muitos hoje o conhecem por sua tatuagem no rosto, condenação por estupro e uma variedade de animais de estimação exóticos. Aqui estão 6 fatos curiosos e pouco conhecidos sobre o esportista.

Bullying na infância

Nascido em 30 de junho de 1966, Michael Gerard Tyson inicialmente não parecia o tipo de garoto que se tornaria um lutador temível e poderoso. De acordo com a ESPN, Tyson se descreveu como “um garotinho gordo de óculos” que era frequentemente perseguido por valentões. Aliás, Tyson credita seu bullying por sua própria ferocidade dentro e fora do ringue de boxe. “Sempre tive medo de ser tratado dessa maneira novamente, de ser fisicamente vitimizado nas ruas”, disse ele em Tyson: The Movie.

Prisões antes dos 12 anos de idade

Mike Tyson disse ao podcast Impaulsive with Logan Paul que foi preso 40 vezes antes dos 12 anos enquanto crescia no Brooklyn, em Nova Iorque, nos EUA. Ele disse que cometeu “roubos, furtos de carteiras, roubo de joias e violentas brigas com outros adolescentes”. Tyson teve tantos problemas que foi enviado para a Tryon School for Boys – onde Tyson desenvolveu suas habilidades de boxe.

Paixão por pombos de corrida

Um dos fatos mais interessantes de Mike Tyson é que ele ama pombos-correio. Quando menino, no Brooklyn, ele gastou US$ 100 de seu dinheiro suado para comprar vários pombos que mantinha em seu telhado. “A primeira coisa que amei na vida foi um pombo. Não sei por que… me sinto ridículo tentando explicar”, disse Tyson no documentário Taking on Tyson .

Sem sexo por 5 anos

Por cinco anos, Mike Tyson se absteve de fazer sexo porque as pessoas lhe diziam que isso ajudaria seu boxe. Mas Tyson lamenta seu período de celibato. “[Fiz isso] porque sou um idiota”, disse ele, segundo o The Sun. “Eu fui tão estúpido. Eu apenas segui o que as pessoas me disseram. ‘Isso é o que você deveria fazer, as garotas vão estragar seu boxe.’”

Tigres como animais de estimação

Um dos fatos mais conhecidos de Mike Tyson é que, na década de 1990, ele comprou vários tigres. Como ele disse ao podcast The Joe Rogan Experience, a ideia veio a ele enquanto ele estava na prisão por uma condenação por estupro.

Ele comprou três tigres de Bengala: Boris, Storm e Kenya. De acordo com a Sportskeeda, Tyson pagou US$ 70 mil pelos tigres, gastou US$ 200 mil para alimentá-los e abrigá-los e US$ 125 mil para treiná-los. Pelo menos um tigre, o Quênia, viveu com Tyson por dezesseis anos.

Estupro de uma jovem

Na década de 1990, Tyson começou a protagonizar manchetes pelos motivos errados. Em 10 de fevereiro de 1992, ele foi condenado por estuprar Desiree Washington, uma participante de um concurso de beleza de 18 anos. Meses antes, em julho de 1991, Washington e Tyson se cruzaram em um ensaio para o concurso Miss Black America em Indianápolis, Indiana, onde Washington era uma concorrente. A jovem de 18 anos foi ao quarto de Tyson com ele, onde ela disse que ele a estuprou. Tyson negou as acusações, mas foi condenado a 10 anos de prisão, dos quais cumpriu três.

Aposta nas melhores casas de apostas do dia 15 de Julho 2024

Deixe um comentário

Você está aqui: Início > Últimas Notícias > Prisão antes dos 12 anos e tigres como animal de estimação: saiba 6 curiosidades sobre Mike Tyson