Federação arrecada R$ 42 mi a mais com fatiamento das transmissões do Paulistão

Henrique Neves

Publicado :

A decisão de fazer negociações separadas em diferentes plataformas para a transmissão do Campeonato Paulista fez a Federação aumentar a arrecadação em 30% em relação ao último contrato, encerrado em 2021, informa reportagem da Folha de São Paulo.

Pelo contrato com o Grupo Globo, em vigor até o ano passado, a FPF (Federação Paulista de Futebol) recebia R$ 225 milhões por ano pela negociação em todas as plataformas (R$ 251,6 milhões corrigidos pela inflação, segundo o IBGE). Segundo dirigentes e pessoas envolvidas nas negociações do novo acordo iniciado em 2022, o valor passou para R$ 293 milhões na atual temporada, com um contrato multiplataforma.

O aumento da arrecadação é consequência da mudança na transmissão do futebol. As negociações em separado fizeram com que a Record comprasse os direitos para TV aberta, a Turner em canais fechados, o Grupo Globo em pay-per-view e a própria Federação pelo YouTube.

O dinheiro arrecadado no Paulista foi repassado aos 16 clubes que integram à Série A1, a divisão de elite.

premiere

record

youtube

Aposta nas melhores casas de apostas do dia 20 de Maio 2024

KTO Sport

Bônus

R$ 200

EsportesdaSorte Sports

Bônus

R$ 300

Parimatch Sport

Bônus

R$ 500

Starda Sport

Bônus

R$ 500

Legend Play Sports

Bônus

R$ 1.750

Roobet Sports

Bônus

R$ 80

Royalistplay Sports

Bônus

R$ 500

Leovegas Sport

Bônus

-

IZZI Sport

Bônus

R$ 100

Bet7k Sports

Bônus

R$ 7.000

1 comentário em “Federação arrecada R$ 42 mi a mais com fatiamento das transmissões do Paulistão”

Deixe um comentário

Você está aqui: Início > Streaming > Federação arrecada R$ 42 mi a mais com fatiamento das transmissões do Paulistão