Após acordo Globo e Conmebol, SBT e Disney se preocupam com manutenção dos direitos da Libertadores

Publicado :

A Disney e o SBT, atual detentores dos direitos de transmissão da Copa Libertadores da América, ficaram preocupados com o acordo amigável entre Globo e Conmebol que coloca a emissora carioca na disputa novamente da competição, a partir de 2023. Todavia, apesar de ter feito as pazes com a Globo, a federação sul-americana ainda prega cautela na questão dos direitos da competição. As informações foram publicadas pelo Notícias da TV.

Para a Conmebol, ter chegado a um entendimento com a emissora não significa que os direitos da principal competição de futebol do continente voltarão facilmente para ela. Tudo vai depender da proposta financeira, de cobertura e comercial que a emissora fará na licitação marcada para começar antes do fim deste ano.

Existe ainda a possibilidade de serem vendidos dois pacotes para TV aberta, sem exclusividade. Já é assim desde 2019, quando o Facebook, que é considerado um sinal aberto, pegou o pacote de jogos nas noites de quinta-feira.

SBT e Disney estão preocupados porque sabem que a Globo virá com vontade para recuperar os direitos da competição.

Espn

Globo

sbt

Sportv

Aposta nas melhores casas de apostas do dia 21 de Julho 2024

5 comentários em “Após acordo Globo e Conmebol, SBT e Disney se preocupam com manutenção dos direitos da Libertadores”

  1. Quero que a disney se exploda. Pega os principais jogos e esconde no star-. A globo coloca sim no globoplay mais respeita os assinantes do Sportv e Premiere.

    Responder
  2. Tomara que volte ao Grupo Globo, porque aguentar Téo José e a cobertura ruim do SBT ninguém merece. Podem criticar o que quiser, mas futebol sem cobertura da Globo não tem a mesma graça. Esse ano, por exemplo, imagine só se a final entre Palmeiras x Flamengo fosse na Globo, ia explodir a audiência.

    Responder
Deixe um comentário

Você está aqui: Início > Destaques > Após acordo Globo e Conmebol, SBT e Disney se preocupam com manutenção dos direitos da Libertadores