Comentarista demitido antes de jogo da Série B vence processo contra Grupo Globo

Henrique Neves

Atualizado :

Rivelino Teixeira, que foi comentarista no Grupo Globo entre 2011 e 2017, venceu um processo trabalhista contra a emissora depois de ter sido demitido horas antes de uma transmissão da Série B. O grupo de comunicação terá de pagar R$ 200 mil em parcelas para o ex-funcionário. As informações foram publicadas pelo UOL Esporte.

A sentença foi divulgada pela 5ª Vara do Trabalho de São Paulo na última segunda-feira (28). A decisão ainda prevê recurso em esferas superiores da Justiça do Trabalho, como o TST. Segundo a condenação, Rivelino Teixeira pedia reparação por não cumprimento de diversas obrigações legais e contratuais por parte da Globo. A Justiça analisou caso a caso e não condenou a emissora em todos os pedidos feitos pelo jornalista.

Entre os pontos alegados pelo ex-comentarista estão a falta de pagamento de férias e horas extras, além de indenização por constrangimento e assédio moral na demissão. Teixeira também alegou que não tinha intervalo para repouso ou alimentação e que ganhava menos do que colegas que desempenhavam a mesma função. A Justiça negou que a Globo tenha o constrangido na dispensa, mas deu ganho de causa em todos os outros pedidos do comentarista.


Globo

Aposta nas melhores casas de apostas do dia 21 de Junho 2024

Deixe um comentário

Você está aqui: Início > Últimas Notícias > Comentarista demitido antes de jogo da Série B vence processo contra Grupo Globo