Coluna do Professor #299, por Albio Melchioretto

Atualizado :

LOGO, LOGO, MALUCOS LEVANTARÃO A VOLTA DO FUTEBOL AQUI

Um determinado deputadazinho, do PSL/SC, que não merece ser nomeado, diante de sua insensibilidade, em seção virtual afirmou que os que usam máscaras e álcool gel são covardes. O grande irresponsável, envergonha o meu estado. Falo de política, porque, diante do retorno e das datas da Europa, teremos uma gama deste tipo, solicitando a volta do futebol aqui. Não é hora. E estamos longe de voltar. Não basta achar algo, como o não-citado deputado, é preciso trabalhar com modelos matemáticos e premissas científicas.

ALEMÃO PARA CHINÊS VER

O grupo Disney deveria ser mais transparente com o espectador. Jogos da Bundesliga no Fox Sports, outros na ESPN e nenhum editorial explicando para o espectador o motivo. Do “nada” a ESPN volta a transmitir a competição. Os leitores do Esporte e Mídia entenderam muito bem este movimento, mas o espectador mais desavisado como fica?

POR QUE NÃO TRANSMITIR A K-LEAGUE?

O Brasil foi a segunda praça em consumo do streaming da rodada inaugural da K-League, torneio nacional da Coreia do Sul. Certo que foi o único jogo no momento, mas era no amanhecer de sábado, às 7 da matina. Considerável a audiência do YouTube, será que nenhum canal esportivo possa se interessar pela competição? Por aqui se mostra o Chinês, Turco e tantos estaduais, por que não a K-League?

DEPARTAMENTO DE JORNALISMO DA BAND

Albio Melchioretto
albio.melchioretto@gmail.com
@professoralbio

Band extingue o departamento de esporte e o integra ao entretenimento. Se pensar apenas a junção não há muito sentido, mas se pensar a forma Band de fazer esporte, faz todo sentido! O esporte não é tratado editorialmente como notícia, mas como algo a divertir uma plateia. Vide a forma como os programas Terceiro Tempo e Jogo Aberto Debate conduzem suas pautas.

TV WA ASSUME LUGAR DA PLAYTV

O canal pop, PlayTV, foi comprada pelo filho do icônico narrador Walter Abrahão, o homem que imortalizou o conceito do oxo (quando um jogo termina empatado sem gols). De acordo com Mônica Bérgamo, na Folha de S. Paulo o empresário comprou 70% das ações da Gamecorp, mantenedora do canal, e assumiu as dívidas do canal. As ações compradas pertencia ao empresário Fábio Luís Lula da Silva, o Lulinha. A empresa sofreu perseguição política, mas aos longos dos anos, nada foi aprovado. Mas, Walter, não é o filho do papai, como muitos sites já noticiaram, é jornalista com vasta experiência em gestão de mídia. Até agora, pouca coisa foi noticiada sobre o novo canal. As primeiras horas do sábado o canal está mostrando os bastidores do que há de vir. A única ligação com o esporte é o nome e a ideia que lembra o grande narrador, com passagens pela TV Tupi e SBT. Por ora, aguardemos. O que se sabe será um canal de variedades, com entrevistas, entretenimento e espaço para o cinema nacional, em parceria com a ANCINE.





Aposta nas melhores casas de apostas do dia 14 de Junho 2024

Deixe um comentário

Você está aqui: Início > Últimas Notícias > Coluna do Professor #299, por Albio Melchioretto