Turner pode rescindir contrato de transmissão do Brasileirão com clubes

Atualizado :

Uma publicação do Estadão Conteúdo nesta segunda-feira (6) dá conta que a programadora Turner enviou carta dias atrás para os oito clubes com quem tem acordo até 2024 para a transmissão em TV fechada dos jogos do Campeonato Brasileiro.

Ao que consta, a carta foi o pontapé inicial para uma série de negociações para o rompimento do contrato, ficando assim os livres para negociarem com o grupo Globo.

A reportagem do Estadão Conteúdo disse ter entrado em contato com a programadora e os clubes, mas ninguém deu maiores detalhes alegando que o teor do documento é confidencial, com multa pesada para quem torná-lo público.

O presidente do Santos, José Carlos Peres, no entanto, abriu o jogo. “Os clubes estão perdendo muito dinheiro com a Turner e penso que ela também está perdendo dinheiro com o futebol brasileiro. Vamos ouvir e negociar. Penso que os lados estão querendo a rescisão”, disse.

Na carta, a Turner aponta para uma série de regras contratuais que os clubes estariam quebrando, principalmente no que diz respeito às transmissões dos seus jogos na TV aberta – os oito clubes assinaram com a empresa para mostrar as partidas na TV fechada (Esporte Interativo, TNT e Space) e com a Globo para a TV convencional. Na guerra das transmissões, com jogos liberados para as praças, TVs abertas e fechadas, horários mudados em função desses acordos, a Turner não estaria mais contente com seus números de audiência e faturamento. Nem mesmo com a atitude de seus parceiros do futebol brasileiro. A empresa acredita que os clubes não honraram seus compromissos e se dobraram para exigências da outra emissora.

Ela espera o momento em que será pressionada pelos parceiros comerciais. Viu sua audiência despencar em até 85% no fim de 2019, o que inviabilizaria seus negócios no País. Não teria mais sentido em ficar. A empresa também tem a percepção de que os clubes estão forçando a barra para que o contrato seja rescindido antes de o torneio começar. A segunda carta tem essa finalidade: encontrar caminhos. Entenda-se fazer um acordo sem perdas. O Estado Conteúdo teve acesso a uma notificação da empresa.

“A Turner enviou na sexta-feira, 3 de abril, uma notificação aos clubes com os quais mantém contrato para exibição da Série A do Campeonato Brasileiro 2020. Essa carta reitera o que já foi colocado aos clubes em novembro de 2019, sobre o que não tivemos quase nenhuma resposta, e pede que venham conversar com a Turner para solucionar questões pendentes. Há certas obrigações que a Turner deseja reforçar incluindo compromissos assumidos pelos clubes que são essenciais para que a Turner crie um modelo de negócios sustentável. A Turner propõe uma nova conversa, ao mesmo tempo em que não descuidará das ações necessárias à defesa de seus direitos. A Turner sempre privilegiou o diálogo e acredita numa solução conjunta.”


TNT

TV Fechada

Aposta nas melhores casas de apostas do dia 20 de Julho 2024

Deixe um comentário

Você está aqui: Início > Sem categoria > Turner pode rescindir contrato de transmissão do Brasileirão com clubes