Trajano sobre onda de demissões na ESPN; “segunda morte e definitiva do canal”

O jornalista José Trajano, um dos fundadores da ESPN no Brasil, na qual exerceu por anos a função de diretor de jornalismo, falou sobre a onda de demissões que ocorreu na emissora nesta quarta-feira (14), em seu programa diário na TVT, emissora em São Paulo mantida pelo Sindicato dos Metalúrgicos do ABC.

De acordo com o Observatório da Televisão, Trajano classificou o dia como uma segunda morte da linha editorial que permeou a ESPN Brasil desde o seu início, no ano de 1995.

“Hoje, houve uma série de demissões de pessoas queridas e pessoas não tão queridas assim. Só um breve comentário, quero falar sobre isso com mais detalhes amanhã [quinta, dia 15], mas hoje é a segunda morte e definitiva do canal ESPN”, disse.

José Trajano ainda leu um comentário de Fernando Victorino, ex-editor da ESPN sobre o assunto. O comentário dizia: “14 de agosto de 2019. O dia em que provamos, de modo cabal, de que a terra é muito, mas muito redonda. E como ela dá voltas”.

“Para bom entendedor, meia palavra basta”, disse Trajano. Ele afirmou que apenas quem acompanhava o dia a dia da ESPN Brasil ou quem já trabalhou na emissora esportiva iria entender o comentário.







Espn

josé trajano

Aposta nas melhores casas de apostas do dia 27 de Fevereiro 2024

Legend Play Sports

Bônus

R$ 1.750

Royalistplay Sports

Bônus

R$ 500

Leovegas Sport

Bônus

R$ 150
Deixe um comentário

Você está aqui: Início > Sem categoria > Trajano sobre onda de demissões na ESPN; “segunda morte e definitiva do canal”