Casagrande fala sobre passado com drogas após parar de jogar futebol



O ‘Encontro’ com Fátima Bernardes recebeu Walter Casagrande Júnior para repercutir a vitória
da Seleção Brasileira na Copa América, nesta segunda-feira (8). A apresentadora quis saber do comentarista esportivo se a conquista ajudou a superar o fatídico 7×1 contra a Alemanha durante a Copa de 2014. Ao falar sobre a sua relação com o sentimento de frustração, ele fez questão de dividir com o público a sua luta contra a dependência química.

“A minha relação com a frustração é um pouco mais complexa, porque eu sou dependente químico, fiquei internado um ano e a frustração é um gatilho fortíssimo para quem é dependente. Quando fiquei internado, trabalhei diversas coisas em busca de uma recuperação e a frustração foi um capítulo importantíssimo.”

“Na Copa de 2002, trabalhamos, foi legal pra caramba, Brasil campeão. Aí eu volto e fico fortemente frustrado, porque voltava o campeonato normal, não tinha mais grandes jogadores, não tinha mais aquela cobertura. E, na maioria das vezes, eu recaía porque não conseguia suportar a frustração.”

ue a carreira de jogador de futebol é curta, todo mundo sabe. Difícil mesmo é aceitar tal fato. Foi o que aconteceu com Casagrande.

“Joguei futebol por 14 anos. Fui para Copa do Mundo, joguei na Itália, mas teve um dia que tive que parar. No outro dia, não acontecia mais nada na minha vida. Parei de jogar, não dava mais entrevista, não fazia mais gol no Morumbi, não acontecia mais nada. Aí iniciou-se uma frustração gigantesca, um buraco emocional dentro de mim começou a aumentar junto com a frustração. Foi nesse momento que eu me perdi.”

Recuperado, Casagrande relatou o seu drama com às drogas no livro “Casagrande e Seus Demônios” com a intenção de ajudar outras pessoas. Já são 10 anos de terapia e reabilitação.

“(O livro) foi em cima do meu drama com drogas. Continuo vivendo em recuperação. Mas pensei: ‘Não posso deixar isso só para mim, porque seria egoísmo da minha parte. Foi sofrido, com muita dor, foi muito difícil, mas se eu não passar isso para frente, ninguém vai perceber que isso acontece com qualquer um’. Pensei em mostrar a minha dor, mas também que eu dei a volta por cima, como pessoa e profissionalmente.”

Com informações do Gshow






casagrande

Aposta nas melhores casas de apostas do dia 15 de Abril 2024

KTO Sport

Bônus

R$ 200

EsportesdaSorte Sports

Bônus

R$ 300

BCGame Sports

Bônus

R$ 1.080.948

Parimatch Sports

Bônus

R$ 500

Starda Sports

Bônus

R$ 500

Legend Play Sports

Bônus

R$ 1.750

Roobet Sports

Bônus

R$ 80

Royalistplay Sports

Bônus

R$ 500

Leovegas Sport

Bônus

R$ 150

IZZI Sport

Bônus

R$ 500

Bet7k Sports

Bônus

R$ 7.000
Deixe um comentário

Você está aqui: Início > Sem categoria > Casagrande fala sobre passado com drogas após parar de jogar futebol