COLUNA #75 | Quem Te Viu, Quem TV, por Carlos Salvador


Nova grade
Começa hoje de forma oficial a nova programação da ESPN. Alterações de programas, horários, âncoras e mais horas ao vivo no ar. Desde que se iniciou a gestão Palomino, esta é a terceira grande alteração nos canais da emissora. Algumas foram necessárias, outras talvez nem tanto. O domingo agora terá uma edição do Linha de Passe, programa de maior histórico da emissora, e para o colunista, não necessariamente o melhor, nem de longe. A repetida bancada sempre do ‘núcleo Linha de Passe’, parece-me mais algo como um vicio da direção da emissora, do que a escolha dos melhores.

Novos programas
Claramente a ida do Resenha para a noite de sexta, foi uma forma de tentar bater de frente com a Série B ao vivo no SporTV. Um acerto da direção, visto que o Resenha tem grande audiência e traz um clima diferente de histórias dos boleiros. A extensão do BB Debate e com a forma que ele é apresentado, e agora com 3 horas de duração, tornará cansativo para quem assiste. Muitas vezes o programa foge do que deveria ser, é repetitivo em algumas informações, sem contar em certos ‘furos’ sobre transferências, super times e comparativos entre times brasileiros e europeus.

Sem retratação, mas merece?
O imbróglio continua entre Thiago Neves e Mauro Cezar Pereira da ESPN. Depois do jogador acreditar em um comentário Fake nas redes sociais, e tripudiar em cima do comentarista, Mauro Cezar esperava ao menos uma retratação do jogador. Mas é necessário? Mauro é um jornalista, sua principal função é opinar, não importa a posição. Muitas vezes passa o ponto, seja em programas ou em seus perfis na internet. Sempre que alguém contesta suas opiniões, é sumariamente repelido ou até bloqueado, sem qualquer tentativa de argumentação. Não seria muito coerente esperar uma retratação de Thiago Neves, ou de qualquer outro jogador.

Carlos Salvador
fb.com/carlosaugusto.salvador
@calosalvador

Áudio vazado
Quinta feira, quem assistiu ao confronto entre Alemanha e França no EI Plus e ficou atento ao intervalo se deparou com o áudio vazado da transmissão, e um diálogo sobre o incidente recém ocorrido: a facada no candidato a presidente, Jair Bolsonaro:
André Henning: – Esfaquearam o Bolsonoro? Como assim, gente?
Pessoa não identificada: – Esfaquearam. Acabaram de dar a eleição pra ele, principalmente se for alguém com uma camisa vermelha.

Áudio vazado II
Com relação ao diálogo, em princípio nada comprometedor, seja com a figura publica do narrador, ou do comentarista Vitor Sergio (que não é o dono da 2ª voz). A preocupação fica por conta de um descuido onde o áudio da emissora é vazado, onde opiniões são emitidas ‘in off’, muitas vezes diálogos com informações sigilosas da emissora, conversas sobre audiência, sobre concorrentes, ou até comentários que não podem ir ao ar. Descuido que a Turner precisa corrigir o quanto antes na sua plataforma digital.






Carlos Salvador

Aposta nas melhores casas de apostas do dia 16 de Abril 2024

KTO Sport

Bônus

R$ 200

EsportesdaSorte Sports

Bônus

R$ 300

BCGame Sports

Bônus

R$ 1.080.948

Parimatch Sports

Bônus

R$ 500

Starda Sports

Bônus

R$ 500

Legend Play Sports

Bônus

R$ 1.750

Roobet Sports

Bônus

R$ 80

Royalistplay Sports

Bônus

R$ 500

Leovegas Sport

Bônus

R$ 150

IZZI Sport

Bônus

R$ 500

Bet7k Sports

Bônus

R$ 7.000
Deixe um comentário

Você está aqui: Início > Sem categoria > COLUNA #75 | Quem Te Viu, Quem TV, por Carlos Salvador