Conselho Deliberativo aprova acordo do São Paulo com a Globo por TV aberta e pay-per-view

Atualizado :

A diretoria do São Paulo projeta uma renda de até R$ 130 milhões por ano com os contratos do Campeonato Brasileiro-2019 com a Globo para a TV Aberta e Pay-Per-View. De acordo com o UOL Esporte, por Rodrigo Mattos, os acordos válidos até 2024 foram aprovados pelo Conselho Deliberativo, restando agora serem redigidos.

Informado aos conselheiros, esse valor representa um ganho sobre o atual já que o clube arrecadou R$ 128 milhões em todos os seus direitos de TV em 2016, o que inclui outras competições. Ao mesmo tempo, a agremiação continuará a ganhar menos do que Flamengo e Corinthians por conta das condições contratuais do pay-per-view.

No modelo mostrado aos conselheiros, a diretoria do São Paulo explicou que vai dividir um bolo total de R$ 600 milhões de TV Aberta com os outros times da Série A. Desse total, será distribuído em 40% de forma igual, 30% por exibição e 30% por premiação na temporada.

No caso do PPV, a distribuição será feita de acordo com o tamanho declarado da torcida entre os assinantes. Pela estimativa são-paulina, o clube ficaria com 7,5% do percentual total do projeto.

Por isso, a diretoria previu para conselheiros que vai ganhar entre R$ 103 milhões e R$ 130 milhões pelos contratos. Fora isso, lembrou que os acordos não incluem a publicidade estática e direitos internacionais do Brasileiro. O São Paulo prevê que pode ganhar mais um valor entre R$ 6 milhões e R$ 8 milhões por esses direitos.

A diferença para o Flamengo e Corinthians está justamente nas condições do PPV. A Globo deu para os dois uma garantia mínima percentual do ppv independente da pesquisa. Nesse caso, o Flamengo tem o percentual de 16% mínimo, e os corintianos um patamar levemente inferior. Isso significa que ambos devem ganhar praticamente o dobro do São Paulo do dinheiro de ppv. No total, o projeto gera um mínimo de R$ 700 milhões. a serem divididos pelos clubes.

Dirigentes são-paulinos sabem dessa garantia, mas não conseguiram obter o mesmo tipo de mecanismo. Em compensação, a agremiação obteve luvas de R$ 20 milhões a serem pagos pela Globo pela assinatura do contrato, somados aos R$ 60 milhões que já tinha ganho por fechar com o SporTV.

Em seu comunicado aos conselheiros, a diretoria do São Paulo ainda exaltou que não houve nenhuma complicação na negociação como ocorreu com times que fecharam com Esporte Interativo. Foi o caso do Santos que aceitou um fator redutor no montante que vai ganhar. E completou que acertar com a Globo até 2024 vai gerar previsibilidade das receitas por um período mais longo.



Globo

Aposta nas melhores casas de apostas do dia 23 de Julho 2024

Deixe um comentário

Você está aqui: Início > Sem categoria > Conselho Deliberativo aprova acordo do São Paulo com a Globo por TV aberta e pay-per-view