COLUNA #152 | A rotineira ignorância da imprensa esportiva, por Alipio Jr.

Henrique Neves

Atualizado :

Olá a todos!

O jogo transmitido na quarta-feira pela Rede Globo-RJ quase sempre é transmitido para metade do país, quando não há jogos mais importantes em outras regiões. Principalmente Norte e Nordeste. E na semana passada no confronto entre Botafogo x Vasco não foi diferente. Até aí nada de anormal. Após o final do jogo vencido pelo primeiro, fui assistir o Troca de Passes, programa do SPORTV apresentado por Tiago Maranhão, Roger e sempre um ou outro convidado.

Inicialmente começam a discussão pelo confronto que acabou de encerrar na tevê aberta para aproveitar a equipe in loco e então descobriram que o Botafogo tinha dois jogadores com o mesmo nome (Marcelo) e ao vivo,  Tiago e Roger começaram uma discussão sobre quem seria e extremamente confusos. O outro convidado sabia menos ainda e o resultado foi péssimo, constrangedor.

Alipio Jr.
@alipioj

Corta para a convocação do Tite. Após problemas na lateral esquerda ele chama o desconhecido Ismayli. Gigantesca surpresa. No primeiro momento é absolutamente normal que a grande maioria não soubesse quem era, não acho que todos tenham que saber de tudo. Num mundo globalizado e em que a informação está ao alcance da sua procura, não saber e se manter ignorante é uma opção inaceitável no caso da imprensa esportiva. Ainda mais uma semana depois do atleta ter jogado pela Champions, campeonato que cativa a atenção de todos, num mundo em que há diversos perfis especializados em falar do desempenho de brasileiros.

Se continuarmos, numa única semana teremos gafes similares de Galvão Bueno narrando jogo e falando sobre o campeonato chinês, FOX Sports e sua costumeira ignorância sobre o jogo alheio quando foge dos times privilegiados diariamente em suas discussões.

Essa ignorância é a prestação de um desserviço. Quando assistimos a um programa esportivo o mínimo que esperamos é informação ou uma discussão embasada sobre os times que são objeto do comentário. A incapacidade de fazê-lo é subestimar o telespectador, que continua pagando caro por um serviço ruim. Se não sabem o que falar, o melhor é fazer como a atriz e falar, “não sou capaz de opinar”.

Abraços e até a próxima.



Alipio Jr.

Aposta nas melhores casas de apostas do dia 22 de Junho 2024

Deixe um comentário

Você está aqui: Início > Sem categoria > COLUNA #152 | A rotineira ignorância da imprensa esportiva, por Alipio Jr.