Série B este ano pode ficar restrita as afiliadas da Globo

Atualizado :

Os jogos da Série B do Campeonato Brasileiro correm o risco de ficar sem transmissão pela TV aberta em 2018, pois até o agora nenhuma emissora ou agência fez à Globo uma proposta oficial para sublicenciamento dos direitos da competição. A informação é do UOL Esporte, por Eduardo Ohata.

Até a edição do ano passado, a RedeTV! exibia uma partida por semana da competição, graças a um acordo entre CBF, a agência Sport Promotions, antiga parceira, e o canal. Todos os outros jogos eram do Grupo Globo para programar nas grades de suas plataformas.

A partir da edição deste ano e até 2022, entra em vigor um novo contrato, entre Globo e CBF, que dá ao Grupo Globo o direito de todas as partidas da competição, desta vez sem exceção.

“Temos os direitos até 2022, em acordo envolvendo forte compromisso e investimento do Grupo Globo na competição. Em princípio, vamos de SporTV e Premiere [braço da Globosat no pay-perview], oferecendo a cobertura ampla, completa, que o Brasil já se acostumou na Série B”, confirmou o diretor de direitos esportivos do Grupo Globo, Fernando Manuel.

“Aguardava alguma proposta de TV aberta do mercado, condizente com o grande valor e apelo que a Série B possui, mas nada até agora das redes de TV ou agências que tradicionalmente fizeram gestão desse tema. A CBF, até ano passado, preservava os direitos e vendia, mediante acordo com uma agência, um jogo por rodada para a TV aberta”, concluiu o executivo do Grupo
Globo.



Globo

TV Aberta

Aposta nas melhores casas de apostas do dia 23 de Junho 2024

Deixe um comentário

Você está aqui: Início > Sem categoria > Série B este ano pode ficar restrita as afiliadas da Globo