Conmebol tira poder das emissoras sobre tabela da Libertadores, a partir de 2019



A Conmebol finaliza o modelo de licitação dos direitos de transmissão da Taça Libertadores da América-2019 a ser lançado até o final de fevereiro ou início de março. E já foi incluído no texto que as redes de televisão não terão mais poder sobre a tabela com a entidade determinando o cronograma de jogos sozinha. Isso muda radicalmente o formato atual em que as emissoras escolhem jogos e times para determinados horários, priorizando equipes que dão mais audiência como Flamengo e Corinthians. As informações são do UOL Esporte, por Rodrigo Mattos.

A Conmebol já tinha comunicado às emissoras que queria mudar a relação entre partes na nova venda dos direitos da Libertadores em alguns pontos. A informação causou contrariedade na Globo. Mas, mesmo assim, a confederação sul-americana decidiu incluir o novo modelo na licitação.

Pela fórmula escolhida, a Conmebol dividiu em quatro pacotes diferentes os direitos da Libertadores para o Brasil, principal mercado. Um será o de TV Aberta com direito a um jogo por rodada. Haverá dois pacotes de TV Fechada, um com direito a jogos melhores, e outro a segunda escolha de partidas. Por fim, haverá a opção de comprar um pacote isolado que inclui todos os jogos de quinta-feira para todas as plataformas.

Em nenhum dos modelos, as redes de televisão terão garantias de quais times atuarão na partida a que terão direito. As emissoras terão, sim, o direito de saber que poderão contar com as equipes mais atrativas sob o ponto de vista de audiência em algumas rodadas. Mas isso não ocorrerá em todos os jogos como atualmente.






Aposta nas melhores casas de apostas do dia 21 de Fevereiro 2024

Legend Play Sports

Bônus

R$ 1.750

Royalistplay Sports

Bônus

R$ 500

Leovegas Sport

Bônus

R$ 150
Deixe um comentário

Você está aqui: Início > Sem categoria > Conmebol tira poder das emissoras sobre tabela da Libertadores, a partir de 2019