Globo confirma que vai mudar divisão de cotas de TV a partir de 2019

Atualizado :

A concorrência do Esporte Interativo pelos direitos do Campeonato Brasileiro, a partir de 2019, obrigou a Globo a rever alguns de seus conceitos na negociação. Entre eles, está a divisão de cotas de TV tão criticada pela maioria dos clubes por dar valores maiores a Flamengo e Corinthians. E agora, pela primeira vez, a emissora carioca admite oficialmente rever a distribuição de cotas e informou já ter incluído novo modelo em contrato. As informações são do UOL Esporte, por Rodrigo Mattos.

É o que conta o diretor da Globo Esportes, Pedro Garcia sobre o andamento das negociações, embora especifica qual a divisão: a fonte apurou que a promessa é de 40% distribuídos de forma igual, 30% por premiação e 30% por audiência. Não fica claro ainda como isso valerá em cada um dos contratos de TV Aberta, Fechada e Pay-Per-View.

Contratos já assinados – casos do Corinthians, Vasco, Botafogo – podem ter ajustes já que a emissora informou estar conversando com todos os clubes. Garcia disse que alguns acordos com clubes acertados já têm o novo modelo.

A mudança tenta evitar a perda de clubes por conta da proposta maior feita pelo Esporte Interativo pela TV Fechada. Hoje, a emissora oferece o quíntuplo da Globo/Sportv.

Outra informação do executivo é de que não haverá retaliação aos clubes que fecharam ou podem fechar contratos de TV Fechada com a Esporte Interativo/Turner. A emissora carioca fará propostas pela TV Aberta e Pay-Per-View para esses times.





Globo

TV Aberta

Aposta nas melhores casas de apostas do dia 19 de Maio 2024

KTO Sport

Bônus

R$ 200

EsportesdaSorte Sports

Bônus

R$ 300

Parimatch Sport

Bônus

R$ 500

Starda Sport

Bônus

R$ 500

Legend Play Sports

Bônus

R$ 1.750

Roobet Sports

Bônus

R$ 80

Royalistplay Sports

Bônus

R$ 500

Leovegas Sport

Bônus

-

IZZI Sport

Bônus

R$ 100

Bet7k Sports

Bônus

R$ 7.000
Deixe um comentário

Você está aqui: Início > Sem categoria > Globo confirma que vai mudar divisão de cotas de TV a partir de 2019