Clubes demonstram insatisfação com cotas de TV no arbitral da Série B

Atualizado :

As cotas de TV acabaram sendo o principal motivo de insatisfação no conselho arbitral da Série B do Campeonato Brasileiro ocorrido nesta quinta-feira (5).

De acordo com o ESPN.com.br, por Camila Mattoso e Marcus Alves, a exceção de Botafogo, Bahia e Vitória, cada participante recebe atualmente R$ 3 milhões – R$ 2,7 milhões, com impostos – pelos direitos de transmissão do campeonato.

Uma comissão deverá ser formada para discutir o assunto e encaminhá-lo com o diretor da CBF, Reinaldo Carneiro Bastos.

A princípio, a sugestão é que cada região conte com um membro: Paysandu (Norte), Náutico (Nordeste), América-MG (Sudeste), Atlético Goianiense (Centro-Oeste) e Criciúma (Sul).

Aposta nas melhores casas de apostas do dia 14 de Junho 2024

Deixe um comentário

Você está aqui: Início > Sem categoria > Clubes demonstram insatisfação com cotas de TV no arbitral da Série B