Transmissão de Brasil e Chile tem choro de Ronaldo, Huck cancelado e Band em alta

A transmissão da dramática partida entre Brasil x Chile, na tarde deste sábado (28) rendeu 33,9 pontos à Globo e 10,2 à Band, segundo dados preliminares da Grande São Paulo. No horário, o SBT marcou 1,4 ponto e a Record, 1,1. Se confirmarem os dados, terá sido a menor audiência da Globo com a seleção nesta Copa.

A Globo, que desde as 8h00 da manhã investiu em transmissões ao vivo, cancelou a exibição do programa ‘Caldeirão do Huck’. As transmissões foram marcadas pela tensão de narradores e comentarista. Ronaldo Nazário chorou.

Estava tudo pronto para o Caldeirão entrar no ar ao vivo, mas a direção da Globo suspendeu o programa quando o jogo foi para a prorrogação. Luciano Huck apareceu duas vezes, apenas durante alguns minutos, do estúdio da Globo em Jacarepaguá, interagindo com Galvão Bueno, que comandou um pós-jogo diretamente de Belo Horizonte.

Na Band, a partida rendeu recorde de audiência. Até então, a maior audiência da emissora tinha sido 9,5 pontos em Brasil x Camarões. A audiência da Band vem crescendo jogo a jogo.

Narradores preocupados

As trasmissões da partida foram marcadas pela emoção. Nas penalidades, os narradores estavam com as vozes embargadas. Galvão Bueno foi um deles, explodindo no último lance, quando o chileno perdeu o pênalti e deu a vitória aos brasileiros.

Os comentaristas Ronaldo e Arnaldo Cézar Coelho assistiram boa parte da prorrogação em pé, entregou Galvão. “Nunca pensei que torceria para bandeira marcar impedimento”, disse o narrador no fim do segundo tempo. Ronaldo e Casagrande choraram quando o Brasil venceu. “Não tenho estrutura emocional para isso”, disse Ronaldo.

Durante o jogo, principalmente no segundo tempo e na prorrogação, os narradores estavam preocupados. Datena, no BandSports, dizia “Graças a Deus” quando uma bola do Chile saía pela lateral. O apresentador do ‘Brasil Urgente’ perguntou para o comentarista Branco como se ganhava uma prorrogação. “Evidente que é fazendo um gol a mais que o adversário”, brincou o comentarista.

Paulo Vinícius Coelho, na ESPN Brasil, foi preciso ao fim da prorrogação: “O Chile já ganhou o jogo. A questão agora é quem ganha a vaga”. Depois dos pênaltis, completou o raciocínio: “Perdemos o jogo, mas ganhamos a vaga”.

No gol anulado de Hulk, todos os narradores gritaram gol. Nas duas transmissões da FOX Sports, tocou até a música. Na Globo, Arnaldo Cézar Coelho disse que foi gol, bem como no SporTV. Na ESPN Brasil, acharam que não foi gol, com bola dominada pelo braço do atacante brasileiro.

Com informações do Notícias da TV (Thell de Castro)

TV Aberta

Aposta nas melhores casas de apostas do dia 05 de Dezembro 2023

Novibet Sport

Bônus

R$ 300+ 30 Rodadas Grátis

888 Sport

Bônus

R$ 200

Legend Play Sports

Bônus

R$ 1.750

Royalistplay Sports

Bônus

R$ 500

Leovegas Sport

Bônus

R$ 150
Deixe um comentário

Você está aqui: Início > Sem categoria > Transmissão de Brasil e Chile tem choro de Ronaldo, Huck cancelado e Band em alta