Vini Jr e o Real trapacearam? Áudios do VAR botam mais pimenta na confusão

O CTA está investigando como o áudio da partida entre Real Madrid e Almería, que nunca foi revisado pelo monitor, foi tornado público.

O drama continua no confronto entre Real Madrid e Almería. Agora o capítulo foi acrescido de uma nova polêmica envolvendo o Comitê Técnico de Árbitros (CTA) da Real Federação Espanhola de Futebol e um áudio vazado sem seu consentimento.

O CTA abriu uma investigação interna sobre o vazamento de informações sobre a conversa entre o chefe do VAR e os árbitros em campo na partida do Real Madrid contra o Almería, Hernandez Hernandez e Hernandez Maeso. O áudio ocorreu durante o polêmico gol de Vinicius Junior, no qual o brasileiro agrediu Pozo e os jogadores alvirrubros pediram cartão vermelho.

Mas onde está a polêmica nesse áudio? Como essa jogada não foi analisada pelo VAR, ela não foi publicada após o final da partida, como aconteceu em outros jogos que tiveram situações polêmicas. No entanto, o arquivo com a conversa veio à tona no dia seguinte à partida, por meio do Jijantes.

Em vista disso, o Comitê Técnico de Árbitros quer saber como esse áudio foi tornado público se nunca passou por uma revisão no monitor. Tal ação violaria os critérios estabelecidos entre a RFEF e a LaLiga para esses casos.

Qual foi a jogada polêmica na partida entre Real Madrid e Almería?

A conversa entre os dois árbitros é sobre a ação entre Vinicius Junior e Alejandro Pozo, que só foi revisada no VAR, mas não no monitor. O VAR viu as imagens porque se tratava de uma “possível falta no ataque” e começou a informar o árbitro no gramado. Mas o árbitro não hesitou em dizer que foi apenas uma “briga” entre os dois e que para ele não foi nada.

“Sim, quando ele vai agarrá-lo com o braço, ele o acerta com o braço, o empurra e o acerta no rosto, certo?”, foi a explicação de Hernádez Hernández ao árbitro.


No final, a ação não foi adiante. Não foi considerada uma agressão ofensiva, portanto não foi revisada pelo VAR. Se tivesse ido além, teria sido um cartão amarelo. Mas o árbitro de vídeo não intervém em jogadas como essa, apenas naquelas que merecem cartão vermelho.

Acompanhe notícias do esporte no X (antigo Twitter):

Siga @esporteemidiabr no Instagram e Twitter e tenha acesso às nossas novidades através das redes sociais.

notícias

Deixe um comentário

Você está aqui: Início > Futebol > Futebol Europeu > Espanha > La Liga > Vini Jr e o Real trapacearam? Áudios do VAR botam mais pimenta na confusão