Que confusão! Ednaldo Rodrigues volta à presidência da CBF e quer Dorival no comando da Seleção

Atualizado :

Ednaldo Rodrigues reassume a presidência da CBF após decisão do STF, buscando novo técnico para a seleção brasileira, com Dorival Júnior como prioridade. Desafios incluem inscrição no Pré-Olímpico e definição da comissão técnica.

O que aconteceu?

futebol brasileiro, pouco dado a tranquilidades, está passando por  mais uma reviravolta com o retorno de Ednaldo Rodrigues à presidência da CBF. A decisão liminar do ministro Gilmar Mendes do STF foi determinante para o retorno imediato do dirigente ao comando da entidade, após um afastamento envolto em polêmicas relacionadas à eleição de seu antecessor.

Ednaldo quer Dorival

Com o retorno ao cargo, uma das prioridades de Ednaldo Rodrigues é a escolha de um novo técnico para a seleção brasileira masculina de futebol. A negativa do italiano Carlo Ancelotti em assumir o comando abriu espaço para novas opções, e o nome que surge com destaque é o de Dorival Júnior, atual treinador do São Paulo.

Em entrevista à revista Veja, Ednaldo Rodrigues destacou a urgência em resolver a questão do técnico e da comissão técnica definitiva da seleção principal. A escolha de Dorival Júnior é apontada como uma prioridade, e o convite ao treinador do São Paulo está nos planos do dirigente, que busca uma rápida definição para a equipe.

Urgência com o Pré-Olímpico

Além da busca por um novo técnico, Ednaldo Rodrigues enfrenta outra demanda imediata: a inscrição da seleção brasileira no Pré-Olímpico, cujo prazo se encerra nesta sexta-feira. A necessidade de tomar decisões rápidas motivou a recondução de Ednaldo ao cargo, determinada pela liminar do STF.

No que diz respeito à comissão técnica, o cargo de coordenador de seleções está vago desde a saída de Juninho Paulista. Ednaldo Rodrigues tem em mente o ex-jogador Filipe Luís, recém-aposentado e amigo de Dorival Júnior, como um dos preferidos para ocupar essa posição. A definição da comissão técnica é crucial para dar continuidade ao trabalho da seleção brasileira.

Cabe ressaltar que, até o momento, não houve convite formal a Dorival Júnior, e seu contrato com o São Paulo vai até o fim do ano. O staff do treinador evita comentar especulações, mas a possibilidade de assumir a seleção pode ser um novo capítulo na carreira de Dorival.

A volta de Ednaldo Rodrigues à presidência da CBF traz expectativas e desafios para o futuro da seleção brasileira. Com a escolha iminente de um novo técnico e a definição da comissão técnica, o cenário do futebol nacional está em constante ebulição, e os torcedores aguardam ansiosos por novos rumos para a equipe verde e amarela, que teve o pior ano da sua história em 2023.

Acompanhe notícias da Seleção Brasileira no X (antigo Twitter):

Siga @esporteemidiabr no Instagram e Twitter e tenha acesso às nossas novidades através das redes sociais.

Aposta nas melhores casas de apostas do dia 21 de Julho 2024

Deixe um comentário

Você está aqui: Início > Futebol > Futebol Brasileiro > Que confusão! Ednaldo Rodrigues volta à presidência da CBF e quer Dorival no comando da Seleção