Marcos Llorente foi a chave na vitória do Atlético de Madrid sobre o Sevilla

O Atlético de Madrid venceu o Sevilla por 1x0, encerrando o ano em terceiro na Liga EA Sports. Marcos Llorente foi o destaque ao marcar o gol decisivo. Apesar de jogar com um homem a menos, o Atlético manteve a vantagem.

O Atlético de Madrid venceu sua última partida do ano. Derrotou o Sevilla por uma margem mínima, com um gol relâmpago de Marcos Llorente. Os colchoneros encerram o ano em terceiro em La Liga, com 38 pontos. Enquanto isso, o Sevilla continua rondando as posições de rebaixamento, com 16 pontos, apenas três pontos acima da zona de rebaixamento.

Este jogo chama atenção pelo que poderia acontecer. Antoine Griezmann poderia se tornar o artilheiro histórico dos colchoneros se marcasse um gol. Na rodada anterior, ele igualou o recorde de Luis Aragonés, então um gol contra o Sevilla o deixaria sozinho na lista de artilheiros do clube.

Gol relâmpago garante vitória

O primeiro tempo foi sem muitas emoções. O ritmo da partida foi aumentando com o tempo, mas as oportunidades eram escassas de ambos os lados. Os donos da casa tiveram 56% de posse de bola contra 44% dos visitantes. O Atlético chutou seis vezes ao gol, e o Sevilla, duas.

Mas o Atlético só marcou no segundo tempo. Marcos Llorente, que acabara de entrar no jogo, fez um gol relâmpago. Aos 35 segundos da etapa complementar, o lateral avançou pelo espaço para cruzar a bola na área. A defesa afastou o cruzamento, mas deixou a bola viva na área, e Llorente aproveitou para chutar de primeira e abrir o placar em 1 a 0.

Dificuldades no fim da partida

No entanto, nem tudo foi alegria para os Colchoneros. Çağlar Söyüncü, que tinha apenas quatro minutos em campo, recebeu um cartão vermelho direto por pisar em Lucas Ocampo. Simeone fez alterações para reforçar a linha defensiva e sacrificou Antoine Griezmann.

O francês saiu irritado do campo. Terá que esperar até 2024 para se tornar o maior artilheiro do clube. Apesar de jogar por mais de 20 minutos com um jogador a menos, o Atlético conseguiu manter a vantagem e levar os três pontos.

Marcos Llorente, o herói da noite

Llorente entrou no lugar de Molina e respondeu imediatamente. O lateral atendeu às exigências do treinador e ajudou a equipe a somar três pontos vitais para continuar lutando nas primeiras posições da classificação. Foram 45 minutos de muita exigência e comprometimento do lateral.

Ele obteve 76% de precisão nos passes em 21 tentativas, com 16 acertos. Ao mesmo tempo, deu 33 toques na bola no ataque, chutou duas vezes ao gol e marcou um gol (50% de eficácia). No lado defensivo, esteve impecável: dois cortes, um corte de cabeça e uma recuperação. Além disso, ganhou dois dos quatro duelos terrestres, dois dos cinco duelos aéreos e sofreu duas faltas.

O lateral se mostrou feliz

Marcos Llorente mostrou-se muito contente ao término da partida. Estava feliz pelo seu gol, pela vitória e pelo desempenho da equipe. Ao mesmo tempo, agradeceu à torcida pelo apoio constante e pelo ótimo ambiente no Cívitas Metropolitano.

“Houve uma atmosfera incrível, como sempre. São datas bonitas onde as famílias se reúnem, e as crianças podem vir sem problemas. Percebeu-se que havia uma energia incrível”, comentou.

Balanço da temporada positivo

Marcos acumula três gols e quatro assistências em 23 partidas entre o torneio local e a Liga dos Campeões. Ele assegura que a temporada é muito longa, mas terminaram o ano de maneira muito boa. Espera que em 2024 a equipe mantenha a mesma dinâmica.

“Foi um ano muito bom. Li algumas estatísticas onde jogamos 50 partidas este ano, e a sequência de vitórias e derrotas é muito boa. É a linha que temos que seguir. No ano passado, passamos por uma má fase e soubemos superar, e desde então seguimos em uma boa dinâmica e que nunca pare”, afirmou.

Acompanhe notícias do esporte no X (antigo Twitter):

Siga @esporteemidiabr no Instagram e Twitter e tenha acesso às nossas novidades através das redes sociais.

notícias

Deixe um comentário

Você está aqui: Início > Futebol > Futebol Europeu > Espanha > La Liga > Marcos Llorente foi a chave na vitória do Atlético de Madrid sobre o Sevilla