Jogador do PSG é sequestrado e roubado: saiba o que aconteceu

As autoridades francesas confirmaram um novo ataque a um dos jogadores do PSG. Alexander Letellier, terceiro goleiro da equipe, foi sequestrado por assaltantes que invadiram sua casa para roubar seus pertences. Não é a primeira vez que um jogadores do time francês é alvo de atos criminosos. Confira detalhes do caso aqui.

O PSG enfrenta novamente um ataque a um de seus jogadores. O terceiro goleiro da equipe, Alexander Letellier, foi violentado por quatro criminosos que entraram em sua residência na localidade de Yvelines. O incidente ocorreu às 2 da manhã, em 19 de dezembro.

Os assaltantes agrediram o jogador e sua esposa, mantendo-os detidos e ameaçando com facas até a intervenção das autoridades. De acordo com relatórios oficiais, três dos quatro criminosos envolvidos no caso já estão detidos. Dois menores de 16 anos e um adulto de 21 atuaram no assalto.

Segundo repórteres do RMC Sport, a operação para libertar a família do goleiro resultou em um policial ferido. Enquanto isso, foi confirmado que o crime foi notificado à diretoria do PSG.

O ASSALTO AO JOGADOR DO PSG

O jornal Le Parisien informou que os criminosos entraram pelo jardim da propriedade, arrombaram a porta da casa e entraram para subjugar a família do goleiro francês. Na residência, estavam também os filhos do casal, de seis e dois anos, respectivamente.

As vítimas foram mantidas no jardim da residência, mesmo com o alarme da casa soando desde o primeiro minuto. Enquanto isso, os assaltantes pegavam objetos de valor na casa de Alexander Letellier, ao mesmo tempo em que exigiam joias e dinheiro.

No entanto, a rápida intervenção das autoridades evitou danos maiores. Embora três dos assaltantes estejam sob custódia policial em Versalhes, um conseguiu escapar com alguns objetos roubados de dentro da casa.

Nenhum dos filhos do jogador sofreu ferimentos ou agressões. Enquanto Alexander e sua parceira receberam atendimento dos serviços médicos que chegaram ao local.

HISTÓRICO DE ATAQUES A JOGADORES DO PARIS SAINT-GERMAIN

Este incidente é apenas mais um na lista de jogadores que sofreram ataques na capital francesa. Apenas alguns meses atrás, Gianluigi Donnarumma também passou por um incidente com criminosos que invadiram violentamente sua residência para roubá-lo.

À essa lista se juntam outras figuras proeminentes da equipe francesa que sofreram ataques em outras ocasiões. Entre eles estão Ángel Di María, Mauro Icardi e Thiago Silva.

A perseguição aos jogadores do PSG chegou a tal ponto que até mesmo Lionel Messi esteve em perigo. As máfias da capital francesa tentaram entrar e roubar o hotel Royal Monceau, onde o argentino viveu seus primeiros meses com o PSG.

Até o momento, nenhum comunicado ou declaração foi emitido pelo Parc des Princes sobre o assunto.

Acompanhe notícias do esporte no X (antigo Twitter):

Siga @esporteemidiabr no Instagram e Twitter e tenha acesso às nossas novidades através das redes sociais.

notícias

Deixe um comentário

Você está aqui: Início > Futebol > Futebol Europeu > Champions League > Jogador do PSG é sequestrado e roubado: saiba o que aconteceu