Da série: “De onde vem o dinheiro do Fla?” Fechado novo patrocínio de 170 milhões

O rubro-negro carioca aprovou um patrocínio master de R$ 170 milhões em dois anos com a Pixbet, elevando o valor da camisa para R$ 225,8 milhões anuais. O Banco BRB ocupará espaço secundário, destacando a estratégia do clube em fortalecer suas finanças.

O Flamengo está prestes a aumentar ainda mais o valor da sua camisa com um patrocínio master de peso. Em uma decisão unânime do Conselho Deliberativo, o clube carioca aprovou um contrato de dois anos com a empresa de apostas esportivas Pixbet, que injetará impressionantes R$ 170 milhões nas finanças rubro-negras.

A Pixbet, que já tinha presença na camisa, agora ascende para o lugar de destaque, ocupando a parte principal do manto rubro-negro. O acordo inclui um sinal inicial de R$ 20 milhões e mais cinco parcelas robustas de R$ 30 milhões cada, ao longo do dois próximos anos. 

Essa movimentação torna a camisa do Flamengo ainda mais valorizada, alcançando a cifra extraordinária de R$ 225,8 milhões por ano.

Troca de posições na camisa

A transição não para por aí. O Banco BRB, antigo patrocinador master, passará a exibir sua marca nas omoplatas, desembolsando R$ 6,2 milhões por três meses. Outro ponto de destaque é o aumento no patrocínio da ABC da Construção, responsável por estampar a marca nos shorts. Esse contrato, agora reajustado, proporcionará ao Flamengo uma receita anual de R$ 7,1 milhões.

A decisão do Conselho Deliberativo foi tomada após intensas negociações e representa um passo estratégico na busca por fortalecer as finanças do clube. 

A Pixbet, que já era uma parceira, assume agora a posição de protagonista. A mudança reflete a dinâmica do mercado de patrocínios no futebol, evidenciando o potencial econômico dos clubes brasileiros. 

O Flamengo, com sua enorme torcida e sucesso esportivo, se destaca como uma marca atrativa para grandes empresas, mesmo que o time carioca não tenha tido uma temporada de 2023 com títulos para comemorar.

Com esse novo patrocínio, o clube carioca reforça seu compromisso em buscar oportunidades inovadoras para alavancar seu desempenho financeiro, garantindo uma gestão sólida e sustentável para enfrentar os desafios do cenário esportivo e econômico.

Confira todos os patrocínios:

  • Pixbet (master): R$ 85 milhões/ano
  • Adidas (fornecedor): R$ 69 milhões/ano
  • BRB (omoplata): R$ 6,2 milhões
  • Mercado Livre (costas): R$ 21,5 milhões/ano
  • SIL (manga): R$ 12 milhões
  • ABC (short): R$ 7,1 milhões
  • Tim (número): R$ 5 milhões
  • Assistant card (barra traseira): R$ 20 milhões

Acompanhe mais notícia do Flamengo no X (antigo Twitter):

Siga @esporteemidiabr no Instagram e Twitter e tenha acesso às nossas novidades através das redes sociais.

notícias

Deixe um comentário

Você está aqui: Início > Futebol > Futebol Brasileiro > Brasileirão Série A > Da série: “De onde vem o dinheiro do Fla?” Fechado novo patrocínio de 170 milhões