Cobras e Lagartos: Rafa Benítez confessa que não queria Renato Tapia

O treinador do Celta de Vigo, Rafael Benítez, inicialmente não incluiu Renato Tapia nos planos da equipe para a temporada, mas após uma reviravolta, o peruano se tornou crucial, destacando-se pela solidez defensiva. Inicialmente relegado a um papel secundário, Tapia superou críticas sobre seu desempenho, adaptando-se ao longo dos jogos. Atualmente, sua presença em campo oferece uma vantagem ao Celta, embora tenha disputado menos de 500 minutos, sem gols ou assistências. A próxima partida contra o Real Betis será uma oportunidade para consolidar sua importância na equipe durante esta temporada do Campeonato Espanhol.

O treinador do Celta de Vigo, Rafael Benítez, revelou em coletiva de imprensa que não contava com Renato Tapia nos seus planos no início da temporada. Antes do início da nova temporada no futebol espanhol, falou-se muito da possível saída do peruano para o mercado. Diante da saída de um dos melhores jogadores da equipe, o meio-campista permaneceu no Balaídos.

“Ele estava a terminar o contrato e eu queria outro jogador. Sentei-me com ele no meu gabinete e disse-lhe que ‘estamos à procura de outro jogador, entretanto continua a trabalhar’. Na altura, ele não estava na minha lista (de renovações), mas – apesar disso – continuou a trabalhar e agora está a dar-nos algo que nos faltava. Temos um jogador de volta”, declarou Benítez.

Sem minutos pra ele

Por este motivo, nos primeiros jogos da temporada, Tapia não viu minutos. O treinador espanhol optou por outros jogadores na sua posição. No entanto, as lesões obrigaram Benítez a dar uma oportunidade ao peruano. Em algumas partidas, inclusive, não foi incluído no plantel.

A primeira aparição de Renato na temporada foi vista no Jogo da 6ª rodada da Liga espanhola. Suas primeiras atuações deixaram muito a desejar. Dado o fraco desempenho da equipe, sua presença em campo não trouxe grandes vantagens. Nos jogos seguintes, recuperou sua condição física e futebolística.

Por outro lado, Benítez também afirmou que o jogador da seleção peruana lhes dá maior solidez na defesa. Reconhece que se tornou um jogador importante. Terminou elogiando o seu bom desempenho e sublinhou que a sua presença em campo dá uma vantagem ao Celta.

Tapia foi criticado na época pelo seu fraco desempenho. Até a imprensa peruana duvidou do seu nível, já que o jogador foi titular nos jogos da Bicolor nas eliminatórias sul-americanas. Apesar da má fase do Peru, Renato foi o jogador que mais se destacou nos jogos da Copa do Mundo.

 

Números de Renato Tapia até agora nesta temporada

O jogador de 28 anos disputou 9 jogos nesta temporada para o campeonato espanhol. Também participou de duas partidas da Copa do Rei com os Celestes. Apesar de ter um papel mais importante na equipe, ainda não ultrapassou os 500 minutos jogados até agora nesta temporada. Também não tem gols nem assistências.

Só participou em 29% das equipes titulares de Rafa Benítez. Por sua vez, dos minutos jogados por toda a equipe, participou em 31% do tempo em campo. No entanto, é de salientar que começou a temporada sem ver um único minuto em campo. Tem vindo a adaptar-se ao longo dos últimos jogos.

O peruano deverá estar presente no próximo jogo do Celta no Campeonato Espanhol. O Celta jogará no estádio Balaídos contra o Real Betis. Será um duelo de duas equipes que procuram os três pontos. O jogo será na quarta-feira, 3 de janeiro, às 14:15 (hora local). Será o primeiro jogo do ano para ambas as equipes.

 

Acompanhe notícias do esporte no X (antigo Twitter):

Siga @esporteemidiabr no Instagram e Twitter e tenha acesso às nossas novidades através das redes sociais.

notícias

Deixe um comentário

Você está aqui: Início > Futebol > Futebol Europeu > Espanha > La Liga > Cobras e Lagartos: Rafa Benítez confessa que não queria Renato Tapia