Será que agora vai, Raphinha?Xavi diz não a Lewandowski e sim ao brasileiro

Lewandowski enfrenta críticas no Barcelona após desempenho fraco contra o Shakhtar. Possíveis substitutos, incluindo Vítor Roque, são considerados enquanto o atacante polonês atrai interesse de clubes estrangeiros, levantando dúvidas sobre seu futuro no time catalão.

Robert Lewandowski fez parte da equipe inicial do Barcelona na derrota para o Shakhtar Donetsk na Liga dos Campeões. Vários jogadores do elenco têm sido apontados pelo mau desempenho em campo, mas um dos mais falados é o atacante polonês.

A imprensa espanhola destaca o fato de que Lewandowski passou despercebido em um jogo em que não fez uma única jogada lúcida. Após o jogo, “Lewy” deu uma entrevista na qual garantiu que o time coisas para melhorar, mas há um aspecto que deve ser sublinhado para evitar atuações como esta.

“Hoje jogaram de forma muito consistente e marcaram um gol. Falta-nos precisão no último passe, mas também o fato de criar essas situações. Temos coisas para trabalhar e esperamos que no domingo, no próximo jogo, possamos melhorar nosso jogo, especialmente no ataque. Este é um momento difícil para nós, mas espero que o consigamos ultrapassar rapidamente”, explicou o jogador nascido em Varsóvia.

As estatísticas o deixam como um dos piores da equipe, mas preferiu falar do aspecto coletivo. Lewandowski jogou os 90 minutos, nos quais fez apenas 11 dos 15 passes que tentou, criou duas oportunidades e teve dois chute que foram para fora.

Realizou 29 toques, com dois dribles e dois passes no último terço. Defensivamente, teve seis desvios de bola, ganhou cinco dos 13 duelos que propôs e sofreu uma falta. Enquanto o portal de estatísticas Fotmob lhe atribuiu uma classificação de 6,7 pontos, o jornal Sport, através de uma votação dos adeptos, atribuiu-lhe apenas um ponto. 2,89 para o seu jogo.

O substituto de Lewandowski está pronto?

O início de Lewandowski é inconsistente depois de ter marcado seis gols e dado quatro assistências em 13 jogos. Jogos como o que disputou contra o Shakhtar provam-no, e é por isso que o Barcelona começa a pensar que precisa da chegada de Vítor Roque em janeiro.

O atual atacante do Athletico Paranaense está lesionado com um problema no tornozelo, mas enquanto esteve saudável marcou 11 gols e deu três assistências em 22 jogos no Brasileirão. Aos 18 anos, espera-se que ele seja a próxima pérola culé.

O jornal AS publicou um artigo no qual salienta que existe um problema com o experiente atacante e que a solução é a chegada do brasileiro.

O atacante polonês não fez qualquer chute ao gol durante todo o jogo contra o Shakhtar e já não marca há seis jogos. Perante esta situação, o Barcelona está a trabalhar em dois caminhos: encontrar Lewandowski para que possa voltar a brilhar e a marcar gols no melhor ambiente para ele e, ao mesmo tempo, trabalhar para conseguir Vítor Roque o mais rapidamente possível, explicou a imprensa espanhola.

As dúvidas sobre Lewandowski começam a fazer-se ouvir. Especialmente quando há abordagens de clubes da Arábia Saudita, bem como da Major League Soccer, para adquirir os seus serviços. Além disso, a ideia do futebolista é cumprir o seu contrato, que expira em 30 de junho de 2026.

Aos 35 anos de idade, tem opções para resolver a sua situação. A outra alternativa que o conselho de administração liderado por Joan Laporta está a considerar é assinar Julián Álvarez. No entanto, será complicado devido ao facto de estar sob contrato e de ser um dos jogadores mais conceituados de Pep Guardiola.

Acompanhe notícias do esporte no X (antigo Twitter):

Siga @esporteemidiabr no Instagram e Twitter e tenha acesso às nossas novidades através das redes sociais.

notícias

Deixe um comentário

Você está aqui: Início > Futebol > Futebol Europeu > Espanha > La Liga > Será que agora vai, Raphinha?Xavi diz não a Lewandowski e sim ao brasileiro